Mercado Livre abre 5 centros logísticos para expandir entregas em dois dias

Com a abertura dos galpões, o Mercado Livre dobra sua capacidade logística no país, que responde por mais de metade de suas receitas

Leonardo Guimarães,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia


 

O Mercado Livre continua investindo para chegar mais rápido na casa dos consumidores. Desta vez, a varejista anunciou a abertura de cinco centros de distribuição. Quatro deles serão inaugurados no ano que vem e um – em Cajamar – já está em operação. 

Com a abertura de três novos galpões em São Paulo (dois em Cajamar e um em Guarulhos), um em Governador Celso Ramos (SC) e outro em Extrema (MG), o Mercado Livre dobra sua capacidade logística no país, que responde por mais de metade de suas receitas.

Leia também:
Via Varejo reverte prejuízo e tem lucro líquido de R$ 590 milhões no trimestre
Os planos do Mercado Livre para ter a maior Black Friday de sua história

Mercado Livre
 
Foto: Divulgação/Mercado Livre

Quatro dessas operações serão da modalidade “Fulfillment”, quando o Mercado Livre gerencia o estoque dos vendedores, do armazenamento até a entrega. Centralizando o processo, a empresa consegue ganhar em eficiência. 

“Queremos seguir nosso caminho de ter entregas cada vez mais rápida para os nossos clientes”, disse Leandro Bassoi, vice-presidente de Operações Logísticas do Mercado Livre. 

Com o investimento, o Mercado Livre chega mais perto do seu objetivo de fazer entregas em até dois dias para todo o Brasil. Hoje, a modalidade Fulfillment está ancorada em três três galpões. Em 2021, passa a ter sete centros logísticos para apoiar essa operação. 

O Fullfilment atende 1.800 cidades brasileiras e chega a 80% da população. Com isso, o Mercado Livre consegue entregar 80% dos pedidos em até dois dias. 

Bassoi garante que o Mercado Livre vai ampliar o número de entregas em dois dias ou até no dia seguinte à compra e que a empresa “caminha na direção das entregas no mesmo dia”. 

Antes, porém, a varejista quer consolidar a estratégia de entrega em dois dias. “O consumidor precisa confiar e isso ainda é verdade na maioria dos players de e-commerce. Quando isso for verdade para nós, vamos partir para as entregas no mesmo dia em grande escala”, explica. 

O Mercado Envios já tem a modalidade Flex, que possibilita a entrega dos pedidos no mesmo dia da confirmação de pagamento. Mas a operação atende, por enquanto, apenas a Grande São Paulo e não é tão relevante quanto a modalidade Fullfilment. 

No terceiro trimestre, o Mercado Livre reportou aumento de 131% no número de pacotes entregues pelo Mercado Envio na América Latina. Foram 187 milhões de produtos entregues na região entre julho e setembro. 

*Com Reuters

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN