Musk vendeu cerca de US$ 5 bilhões em ações da Tesla após enquete no Twitter

Em pesquisa na rede social, o empresário questionou se deveria vender 10% de suas ações na empresa

Maior parte do patrimônio de Elon Musk está ligado à Tesla
Maior parte do patrimônio de Elon Musk está ligado à Tesla REUTERS/Brendan McDermid

Chris IsidoreJill Disisda CNN

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O CEO da Tesla, Elon Musk, vendeu cerca de US$ 5 bilhões em ações da empresa nesta semana – sua primeira venda desde 2016 – poucos dias depois de publicar uma pesquisa no Twitter perguntando a seus seguidores se ele deveria se desfazer de 10% da sua participação na montadora elétrica.

De acordo com registros junto aos reguladores de valores mobiliários dos Estados Unidos, Musk exerceu opções na segunda-feira (8) e depois vendeu quase metade das 2,1 milhões de ações que recebeu, levantando cerca de US$ 1,1 bilhão em dinheiro para pagar os impostos relacionados à transação.

Musk então vendeu mais 3,6 milhões de ações da Tesla na terça (9) e na quarta-feira (10), de acordo com documentos adicionais. A um preço médio de cerca de US $ 1.071 por ação, essas vendas geraram cerca de US$ 3,8 bilhões.

A motivação para a venda de segunda-feira foi “apenas para satisfazer as obrigações fiscais retidas na fonte [de Musk] relacionadas ao exercício das opções de ações”, disse o documento. Os outros registros não revelaram um motivo específico para essas vendas.

As opções exercidas por Musk foram cerca de 9% daquelas que ele precisa exercer antes de expirarem em agosto de 2022. Mas tomar esses 9% resultará em uma conta de impostos federais de US$ 1 bilhão, com a alíquota máxima de imposto de renda federal de 37%, e outros 3,8% do imposto de investimento líquido.

Embora a necessidade de Musk de vender ações para pagar impostos fosse conhecida pelos investidores, os papéis da Tesla caíram após a pesquisa do Twitter devido a preocupações de que ele pretendia vender mais do que o esperado.

O preço das ações também pode ter caído na segunda-feira em parte por causa das vendas de quase 1 milhão de ações de Musk que ocorreram naquele dia.

As ações da Tesla (TSLA) subiram 2,7% no pregão da quarta-feira após os registros.

Musk possuía 170,5 milhões de ações da Tesla antes das transações desta semana, no valor de US$ 182 bilhões com base no fechamento de quarta-feira. No total, ele tem agora opções não exercidas sobre 71,4 milhões de ações, incluindo 20,7 milhões com vencimento em agosto de 2022.

Ele teve um lucro de US$ 2,5 bilhões com as opções que exerceu esta semana, já que ele só teve que pagar US$ 6,24 por ação de acordo com os termos do prêmio de 2012. Ele então vendeu cerca de 934.000 ações a um preço médio de US$ 1.180 cada.

A maior parte do patrimônio líquido de Musk, de cerca de US  300 bilhões, calculado pela Bloomberg, são suas ações da Tesla e opções de compra de ações adicionais. A empresa tornou-se apenas a sexta companhia a valer US$ 1 trilhão, há duas semanas. Ele também é o principal acionista da SpaceX, uma empresa privada.

(Texto traduzido. Clique aqui para ler o original em inglês)

Mais Recentes da CNN