Neoenergia aprova a construção dos Parques de Luzia II e III de energia solar

Segundo a companhia, esse projeto apresenta sinergias com o Complexo Eólico de Chafariz e com a linha de transmissão de Santa Luzia

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Renato Carvalho,

do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O conselho de administração da Neoenergia Renováveis, controlada pela Neoenergia, aprovou nesta quarta-feira (9), a construção dos Parques de Luzia II e III de geração de energia solar. O projeto está localizado no município de Santa Luzia, na Paraíba, é será composto pelos primeiros parques fotovoltaicos de geração centralizada da Neoenergia.

Segundo a companhia, esse projeto apresenta sinergias com o Complexo Eólico de Chafariz e com a linha de transmissão de Santa Luzia. Quando concluídos, os parques terão capacidade de 149,3 Mwdc, e a energia gerada será destinada à comercialização no mercado livre e já está 100% vendida até 2026, e 20% até o fim da vida útil, com destaque para um contrato fechado com a Claro por 12 anos.

Leia também:

Ar-condicionado ‘inteligente’ não faz vento e promete gastar 82% menos energia
Comissão da reforma tributária será adiada pela 2ª vez, até 31 de março de 2021

Os investimentos (capex) estimados para o empreendimento somam R$ 457 milhões, com previsão de operação a partir do segundo semestre de 2022. A Neoenergia lembra que o projeto já foi enquadrado como beneficiário no Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura (REIDI) e já tem licença ambiental prévia.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Mais Recentes da CNN