ONS vê queda menor para carga de energia elétrica no Brasil em janeiro

Operador também promoveu leve revisão para baixo nas estimativas para chuvas no Nordeste

Torres de linha de transmissão de energia
Torres de linha de transmissão de energia 7/11/2006REUTERS/Pawel Kopczynski

Letícia Fucuchimada Reuters

da Reuters

Ouvir notícia

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) elevou nesta sexta-feira (21) sua projeção para carga de energia elétrica em janeiro, passando a contemplar uma queda de 0,7% frente a igual mês de 2021, contra o recuo de 1,6% estimado na semana passada.

Em boletim, o órgão estimou ainda que o subsistema Sudeste/Centro-Oeste, onde estão os principais reservatórios de usinas hidrelétricas do país, terminará o mês com 40% da capacidade, ante 41,4% previstos na semana anterior.

As hidrelétricas da região deverão receber chuvas equivalentes a 104% da média histórica em janeiro, ante 106% da previsão anterior, segundo o ONS.

O operador também promoveu leve revisão para baixo nas estimativas para chuvas no Nordeste, passando a esperar afluências de 148% da média histórica em janeiro, ante 155% anteriores.

Já para as demais regiões, as projeções de chuvas foram ajustadas para cima. No Sul, a previsão passou para 38% (ante 27%), e no Norte, para 214% (ante 210%).

Mais Recentes da CNN