Pacheco: Acredito que nesta semana conseguimos resolver a questão dos precatórios

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, se reuniram na tarde desta segunda-feira para discutir uma solução para a dívida dos precatórios

Ana Carolina Nunesdo CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, e Arthur Lira, da presidente da Câmara dos Deputados se reuniram na tarde desta segunda-feira (20) para debater uma solução para a questão dos precatórios, uma dívida de R$ 89,1 bilhões do governo federal.

Na saída da reunião, Pacheco e Lira se pronunciaram dizendo que a solução deve, realmente, sair do Legislativo, como adiantou Lira na semana passada. “Acredito que nesta semana conseguimos resolver a questão dos precatórios. Por isso, amanhã esperamos ajustar um caminho que seja submetido aos líderes da Câmara e do Senado, porque, afinal das contas, é quem decidirá essa matéria”, disse Pacheco.

Na reunião desta segunda-feira os presidentes não chegaram a uma decisão sobre o tema, por isso o debate continua nesta terça-feira (21), a partir das 10h. Segundo Pacheco, o encontro deve contar com a presença do ministro da economia, Paulo Guedes.

“Esse assunto deve ser tratado com a máxima responsabilidade. Não finalizamos entendimento completo sobre o assunto. Faremos outra reunião amanhã. É muito importante ter a participação do executivo”, afirmou Lira.

Tanto Pacheco como Lira ressaltaram que a questão dos precatórios deve ser resolvida considerando ainda o incremento do Bolsa Família e o respeito ao teto de gastos públicos. “Não é uma equação fácil, é complexa e temos que esgotar todas as alternativas. Por isso, é muito importante ter as duas casas legislativas nisso”, avaliou o presidente do Senado.

“Nós precisamos ter muita cautela, mantendo respeito ao teto, respeito às decisões judiciais, levando em conta realinhar um novo programa social. O caminho a ser seguido é o caminho legislativo, com as duas casas se encontrando e conversando. São obrigações que devem ser cumpridas e equacionadas, mas por outro lado temos o orçamento que exige atendimento a pessoas carentes”, completou Lira, dizendo ainda  que o caminho será uma mesma PEC na Câmara e no Senado.

 

Mais Recentes da CNN