Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Paes de Andrade toma posse como conselheiro e presidente da Petrobras

    Ele havia sido eleito na véspera pelo conselho; foram 7 votos a favor do indicado do governo e 3 votos contra

    Caio Mario Paes de Andrade
    Caio Mario Paes de Andrade Divulgação/Serpro

    Da Reuters*

    da Reuters

    Ouvir notícia

    A Petrobras informou nesta terça-feira (28) que Caio Mário Paes de Andrade tomou posse como conselheiro de Administração e como presidente-executivo da empresa, na sede da companhia, no Rio de Janeiro.

    Ele havia sido eleito na véspera pelo conselho. Foram 7 votos a favor do indicado do governo e 3 votos contra na votação, que teve início às 11h.

    A expectativa era de que o nome de Andrade tivesse de dois a quatro votos contrários à indicação. O número não seria suficiente para impedir a eleição, com o governo tendo uma maioria no órgão após ter indicado seis dos dez conselheiros atuais.

    Na última sexta-feira (24), o Comitê de Elegibilidade da estatal aprovou o nome de Andrade, permitindo a votação. A aprovação, entretanto, não foi unânime. O nome recebeu três votos favoráveis e um contrário. Segundo a analista da CNN Raquel Landim,  houve divergências sobre o conhecimento e a experiência dele para ocupar o cargo.

    Quem é Caio Mario Paes de Andrade?

    O novo presidente da estatal tem formação em Comunicação Social pela Universidade Paulista, pós-graduação em Administração e Gestão pela Harvard University e Mestre em Administração de Empresas pela Duke University.

    O executivo vem da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, onde é responsável pela plataforma Gov.br. Em 2019 passou da iniciativa privada para a pública, onde atuou como presidente do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), empresa pública de prestação de serviços de Tecnologia da Informação, até agosto de 2020, quando foi para a secretaria do Ministério.

    Andrade também foi membro do Conselho de Administração da Embrapa e da PPSA (Pré-Sal Petróleo S.A).

    *Com informações de João Pedro Malar, do CNN Brasil Business

    Mais Recentes da CNN