Petrobras anuncia auxílio-gás de R$ 100 a 300 mil famílias

Serão feitas duas linhas de ação que irão beneficiar cerca de 1,2 milhão de pessoas

Botijões de gás
Botijões de gás Foto: Pedro Ventura/Agência Bra

Artur Nicocelido CNN Brasil Business*

São Paulo

Ouvir notícia

A Petrobras informou na última quarta-feira (8) que irá entregar 300 mil auxílios, no valor de R$ 100 cada, para famílias em situação de vulnerabilidade comprarem botijões de gás de cozinha.

Serão feitas duas linhas de ação que irão beneficiar cerca de 1,2 milhão de pessoas, ou 300 mil famílias. Na primeira etapa, a companhia irá investir R$ 30 milhões, ou 10% do total,  até o fim deste ano, para que as famílias tenham acesso ao gás de cozinha.

Parte do recurso será destinado a instituições sem fins lucrativos – que são parceiras da Petrobras na realização de projetos socioambientais -, que fornecerão o auxílio para 90 mil famílias que vivem em comunidades.

Na segunda etapa, a companhia irá contemplar 210 mil famílias com auxílio para aquisição de botijão. Essa fase contará com o auxílio da Fundação Banco do Brasil e com outras empresas e instituições, como a Vibra, a Fundación Mapfre, além do Banco do Brasil e empresas ligadas à instituição financeira.

“Por meio do auxílio para a compra de botijões de GLP, a parceria enaltece a mobilização Brasileiros pelo Brasil, que conecta pequenos produtores rurais às famílias em situação de vulnerabilidade, levando oportunidade, alimento e esperança – e agora também o gás de cozinha – para quem mais precisa”, destaca o presidente do Banco do Brasil, Fausto Ribeiro.

Segundo a Petrobras, em relação aos R$ 270 milhões destinados a serem utilizados ao longo de 2022, o modelo ainda está em fase de estudo.

“Com essas ações, que serão reforçadas ao longo do ano que vem, esperamos contribuir com a sociedade e ajudar na melhoria das condições de vida de famílias mais vulneráveis. Desta forma, estamos reforçando nosso papel de responsabilidade social e esperamos contar com cada vez mais parceiros nessa iniciativa, para que mais pessoas possam ser beneficiadas”, destaca o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna.

Ao longo dos últimos meses, as famílias já estavam recebendo apoio da Petrobras por meio de doações de cestas básicas e cartões-alimentação.

Auxílio-gás

O governo federal anunciou no começo do mês a distribuição do auxílio-gás.

As famílias beneficiadas terão direito, a cada dois meses, a um valor equivalente a 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos (kg) dos últimos seis meses. Esse preço de referência será estabelecido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Os anúncios vêm enquanto o valor médio do botijão de 13 kg de GLP já ultrapassa R$102, preço da média nacional.

Mais Recentes da CNN