Presidente da China pede apoio para recuperação global e critica sanções à Rússia

"Os fatos mais uma vez provaram que as sanções são uma faca de dois gumes", disse na cerimônia de abertura do Fórum Empresarial Brics

Presidente da China, Xi Jinping: A crise da Ucrânia soa como um alarme para o mundo
Presidente da China, Xi Jinping: A crise da Ucrânia soa como um alarme para o mundo REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

da Reuters

Ouvir notícia

O presidente da China, Xi Jinping, pediu nesta quarta-feira (22) solidariedade e cooperação para apoiar a recuperação econômica global ameaçada pela epidemia e desafios de segurança, e criticou as sanções que, segundo ele, só trariam desastres.

“A crise da Ucrânia soa como um alarme para o mundo”, disse Xi na cerimônia de abertura do Fórum Empresarial Brics via link de vídeo.

“Os fatos mais uma vez provaram que as sanções são uma faca de dois gumes.”

Xi pediu uma coordenação mais forte da política macroeconômica para evitar que a recuperação global desacelere ou mesmo seja interrompida, acrescentando que os principais países desenvolvidos deveriam adotar políticas econômicas “responsáveis”.

Os Brics são formados por Brasil, Rússia, Índia, China e a África do Sul.

Mais Recentes da CNN