Trabalho temporário registra aumento de 20,6% em 2021

No ano passado, foram criados 2.415.419 novos postos na modalidade, segundo associação; foi o melhor resultado desde 2014, início da série histórica

Pessoas transitam no Rio de Janeiro
Pessoas transitam no Rio de Janeiro 23/12/2020REUTERS/Pilar Olivares.

Thais Herédiada CNN

São Paulo

Ouvir notícia

A recuperação do emprego em 2021 foi impulsionada em vários setores, especialmente serviços e comércio. As vagas de trabalho temporário tiveram resultado acima do esperado e apresentaram crescimento de 20,6%.

No ano passado, foram criados 2.415.419 novos postos na modalidade, segundo a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem). Foi o melhor resultado desde 2014, início da série histórica feita pela entidade.

Subiu de 15% para 22% a taxa de conversão, ou seja, de trabalhadores que entraram como temporários e foram efetivados nas empresas, alcançando 531 mil profissionais.

Para o presidente da Asserttem, Marcos Abreu, a insegurança gerada pela pandemia levou muitas empresas a demitirem permanentes e contratarem temporários, o que explica o resultado de 2021.

“O quadro de insegurança levou a uma situação em que o empresariado prefere preencher os postos com temporários, pois se precisar efetivá-los, esse processo é muito mais ágil do que a abertura de um processo seletivo que exigirá entrevistas, escolha e treinamento”, afirma.

As vagas temporárias foram responsáveis também pelo aumento expressivo dos registros de empregos formais no país depois da mudança na metodologia do governo federal, em vigor desde 2020. Até então, os postos não eram contabilizados no Caged do Ministério do Trabalho. Até novembro passado, o saldo líquido dos empregos com carteira assinada foi de quase 3 milhões de vagas.

A permissão para contratação temporária existe há quase 40 anos, mas nos últimos anos passou por atualizações e aumento na segurança jurídica, permitindo crescimento seguido da modalidade.

A mudança mais recente foi o Decreto 10.854, de novembro passado, que consolidou diversas normas trabalhistas, revisando, desburocratizando e simplificando normas trabalhistas, preservando os direitos dos trabalhadores, segundo a Asserttem.

A assessoria da Associação explicou que o decreto também reforçou a modalidade na legislação trabalhista ao explicar melhor como aplicar corretamente a Lei 6.019/74.

Expectativas para 2022

Para 2022, a Asserttem prevê nova alta na criação de vagas temporárias, mas ainda com expectativa cautelosa por causa da variante Ômicron. Serviços e comércio devem gerar mais postos que a indústria.

Mais Recentes da CNN