Turismo deve passar por retomada no 2º semestre, diz entidade do setor

À CNN Rádio, Ana Carolina Medeiros afirmou que momento é de ‘otimismo e esperança’ para o setor

Entidade afirma que há uma procura alta por viagens, em especial dentro do Brasil
Entidade afirma que há uma procura alta por viagens, em especial dentro do Brasil Foto: Reprodução / CNN

Amanda Garcia,

da CNN

Ouvir notícia

A vice-presidente da Associação Brasileira de Agência de Viagens (ABAV), Ana Carolina Medeiros, disse que já há uma “retomada da atividade turística neste segundo semestre”. Em entrevista à CNN Rádio nesta quinta-feira (19), ela avalia que o momento para o setor é de “grande otimismo e esperança”.

Ana Carolina destaca que a pandemia impediu toda a atividade turística, com a impossibilidade de deslocamento mesmo de uma cidade para outra, hotéis, restaurantes, teatros e museus fechados.

Ela reforça que havia uma expectativa de retomada ao final do ano passado, mas que foi impedida pela evolução negativa dos números da Covid-19 no país.

Agora, no entanto, ela afirma que há uma “procura muito grande” por viagens, com venda de pacotes, especialmente para destinos dentro do Brasil – já que a maior parte dos países ainda restringe a entrada de turistas brasileiros.

Neste momento, segundo Ana Carolina, as pessoas procuram informações sobre os destinos antes de fecharem as escolhas, especialmente em relação à questão sanitária.

“O Nordeste é o principal destino, com resortes que tenham selo de segurança, que haja protocolo na questão da limpeza. As pessoas também evitam grandes passeios e aglomerações, além de viajarem mais apenas com o núcleo familiar”, contou.

A vice-diretora da ABAV admite que todo o ano de 2020 foi ruim para o turismo, com demissões e fechamento de agências, além de impactos para toda a cadeira envolvida: “Infelizmente foram tempos bastante difíceis”.

Mesmo assim, ela acredita que o papel da ABAV foi essencial para manter as associadas abertas e que agora haverá alívio: “Quem teve boa administração e aproveitou todas as oportunidades, agora pode retomar as vendas”.

Mais Recentes da CNN