Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Último dia do McDonald’s na Rússia tem aglomerações e consumidores inconformados

    CEO da rede, Chris Kempczinski, anunciou o fechamento temporário das lojas da rede em comunicado na terça-feira (8)

    Pessoas esperam na fila para entrar em um restaurante McDonald's em Moscou, Rússia, em 11 de março de 2022.
    Pessoas esperam na fila para entrar em um restaurante McDonald's em Moscou, Rússia, em 11 de março de 2022. SOPA Images/LightRocket via Gett

    CNN Brasil Business

    Ouvir notícia

    “Eles não têm o direito de fechar!”, reclamou o pianista russo Nikas Safronov pouco antes de ser levado pela polícia, neste domingo (13), último dia de operações do McDonald’s na Rússia. Ele havia se acorrentado em uma das lojas da rede em protesto à decisão da rede de fechar suas portas temporariamente no país em represália à invasão na Ucrânia.

    Enquanto isso, alguém na multidão gritou: “Em seis semanas, eles vão reabrir com outro nome!”

    Os relatos foram feitos pelo jornalista Kevin Rothrock, editor da versão em inglês do site russo Meduza, em suas redes sociais.

    O CEO da rede, Chris Kempczinski, anunciou o fechamento temporário das lojas da rede em comunicado na terça-feira (8).

    Já foi maior rede do mundo

    A inauguração da primeira lanchonete do McDonald’s na Rússia, em 31 de janeiro de 1990, foi um marco bastante simbólico da gradual chegada do capitalismo a uma comunista União Soviética que ainda estava de pé, mas com os dias contados para acabar.

    A dissolução terminal do bloco, que já vinha de uma mistura de transição com decadência ao longo dos anos de 1980, seria oficializada em 25 de dezembro de 1991, com a renúncia de Mikhail Gorbachev à presidência.

    A abertura da primeira loja do McDonald’s na Rússia, na Praça Pushkin, a dois quilômetros do Kremlin em Moscou, foi marcada por uma fila de mais de 400 metros televisionada por todo o mundo.

    Era formada por russos ansiosos por experimentarem pela primeira vez um hamburguer e milk shake à moda americana e o “Bolshoi Mak”, nome que o Big Mac ganhou na Rússia (“bolshoi”, em russo, significa “grande”).

    A inauguração também já acontecia com um recorde: com 900 lugares, a loja de Moscou já nascia sendo a maior da rede no mundo, e até hoje permanece entre as mais amplas da cadeia.

    Aos 32 anos e um mês de vida, o McDonald’s da Praça Pushkin é uma das 847 lanchonetes que a rede possui hoje na Rússia e que fecharão nos próximos dias.

    O McDonald’s anunciou na terça-feira (8) que irá suspender temporariamente todas as suas operações no país, em reação aos ataques russos à vizinha Ucrânia, iniciados em 24 de fevereiro.

    Mais Recentes da CNN