Vendas de combustíveis por distribuidoras crescem 5,9% em 2021, diz ANP

Apesar do avanço, os números não ultrapassaram ainda os níveis de comercialização de combustíveis pré-pandemia

Vendas de gasolina registraram alta de 9,8% no ano passado
Vendas de gasolina registraram alta de 9,8% no ano passado 2/10/2019 REUTERS/Marcelo Teixeira

Por Marta Nogueira, da Reuters

Ouvir notícia

As vendas de combustíveis por distribuidoras no Brasil cresceram 5,9% em 2021 ante o ano anterior, para 139,5 bilhões de litros, com impulso da comercialização de óleo diesel e gasolina, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Apesar do avanço, os números não ultrapassaram ainda os níveis de comercialização de combustíveis pré-pandemia. Em 2019, as vendas somaram 140,13 bilhões de litros.

O diesel, combustível mais comercializado do país, no entanto, bateu recorde de vendas pelas distribuidoras, de 62,11 bilhões de litros em 2021, um avanço de 8,1% na comparação com 2020.

As vendas de gasolina, por sua vez, registraram alta de 9,8% no ano passado, para 39,32 bilhões de litros, maior volume desde 2017, quando foram comercializados 44,15 bilhões de litros.

Já as vendas do etanol hidratado, concorrente direto da gasolina nas bombas, caíram 12,8% no comparativo anual, para 16,79 bilhões de litros.

Mais Recentes da CNN