WhatsApp libera uso do app de mensagens em 4 telas ao mesmo tempo

Antes era possível estar logado somente em um smartphone e um computador, e o celular precisava estar totalmente carregado — agora, nem a bateria é obrigatória

WhatsApp agora funciona em até 4 telas simultâneas
WhatsApp agora funciona em até 4 telas simultâneas Foto: WhatsApp/Divulgação

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Uma iniciativa muito aguardada pelos usuários do WhatsApp foi anunciada nesta semana. Agora é possível usar o aplicativo de mensagens em até quatro aparelhos com o mesmo número de celular. Ou seja: você pode ficar conectado no computador de casa e no do trabalho simultaneamente.

Antes era possível estar logado somente em um smartphone e um computador, desde que o celular estivesse ligado. Com o fim da bateria, acabava a conexão com o WhatsApp web… mas, com a mudança, o celular não precisa mais estar carregado. 

Segundo a empresa, o novo recurso permite o uso do WhatsApp simultaneamente “em até quatro outros dispositivos que não sejam smartphones” e ressalta que a segurança do usuário será mantida, uma vez que “cada dispositivo complementar será conectado de forma independente, mantendo o mesmo nível de privacidade e segurança por meio de criptografia de ponta a ponta”.

Cada aparelho terá uma chave de identidade única para aumentar a segurança do usuário, de acordo com o aplicativo. O WhatsApp também explica que, para reduzir o número de vezes que o usuário precisa realizar verificações de identidade, foi desenvolvida uma tecnologia chamada de “verificação automática de dispositivos”, que permite que o código de segurança seja pedido apenas se o usuário refizer o registro de sua conta, sem precisar ter de repetir todo o processo toda vez que decidir vincular um novo dispositivo à sua conta. 

O WhatsApp também afirma que oferece controle e proteção adicionais sobre quais dispositivos estão vinculados a suas contas, mantendo o QR Code obrigatório para o primeiro acesso em computadores, além da opção de sair de determinados dispositivos remotamente. 

Mais Recentes da CNN