Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Amazonas tem a pior rodovia do Brasil; Rio de Janeiro, a melhor; veja ranking

    Entidade analisou a situação de 111 mil quilômetros de estradas em todo o país

    Segundo o estudo, o governo teria que investir R$ 11,5 bilhões em reconstrução e restauração de rodovias na região Norte
    Segundo o estudo, o governo teria que investir R$ 11,5 bilhões em reconstrução e restauração de rodovias na região Norte Dnit/Divulgação (12/02/2014)

    Leonardo RibbeiroJoão Rosada CNN

    Brasília

    O Norte do país é a região com o maior número de rodovias federais em más condições, segundo estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT). A entidade analisou a situação de 111 mil quilômetros de estradas em todo o país.

    Cerca de 80% das estradas do Norte foram classificadas como regular, ruim ou péssima. Nos trechos analisados foram encontrados 1.019 pontos críticos, como finalização com problema, buracos na via e pontes caídas.

    Segundo o estudo, o governo teria que investir R$ 11,5 bilhões em reconstrução e restauração de rodovias na região.

    As rodovias do Amazonas (100%), do Acre (99,3%) e do Amapá (94,5%) são as em pior situação (veja o ranking abaixo).

    Na contramão desses números está o Sudeste. Aproximadamente 56% das rodovias federais objetos do estudo estão em condição regular, ruim ou péssimo. Em alguns estados, esse percentual cai significativamente.

    É o caso de São Paulo, com 26%. Ou seja, 74% da malha é classificada como ótimo ou bom. Na sequência de melhores rodovias da região aparece o Rio de Janeiro.

    Apesar dos dados positivos, segundo a pesquisa, as rodovias do Sudeste demandam investimento de R$ 26 bilhões.

    Ranking melhores rodovias

    1. RJ-124: de Rio Bonito até São Pedro da Aldeia
    2. SP-270: de Presidente Epitácio até Ourinhos
    3. SP-225: de Itirapina até Santa Cruz do Rio Pardo
    4. BR-153: de Aliança do Tocantins até Talismã
    5. SP-463: de Ouroeste até Clementina
    6. SP-320: de Rubinéia até Mirassol
    7. BR-080: de Vila Propício até Padre Bernardo
    8. SP-191: de Mogi Mirim até São Pedro
    9. BR-364: de Jataí até São Simão

    Ranking piores rodovias

    511. BR-174: de Presidente Figueiredo até Borba
    512. PA-263: de Goianésia do Pará até Tucuruí
    513. AP-010: de Macapá até Mazagão
    514. AC-010: de Porto Acre até Rio Branco
    515. PE-126: de Palmares até Quipapá
    516. MA-106: de Governador Nunes Freie até Alcântara
    517. PE-096: de Palmares até Barreiros
    518. BR-364: de Cruzeiro do Sul até Acrelândia
    519. PB-400: de Cajazeiras até Conceição
    520. AM-010: de Manaus até Itacoatiara

    Veja também: Brasil importou US$ 5,3 bilhões da Arábia Saudita em 2022