Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Americanas dispara após nova proposta a credores

    Segundo companhia, oferta também prevê R$ 12 bilhões em capitalização e R$ 8,7 bilhões em recompra antecipada de dívidas concursal

    Loja da Americanas em Brasília
    Loja da Americanas em Brasília 12/01/2023 REUTERS/Ueslei Marcelino

    da Reuters

    As ações da Americanas dispararam quase 19% nesta quarta-feira (11), após a companhia revelar nova proposta encaminhada aos credores financeiros, que contempla uma injeção de curto prazo de R$ 12 bilhões em dinheiro pelos acionistas de referência da companhia.

    O valor do aporte pelo trio Jorge Paulo Lemann, Carlos Sicupira e Marcel Telles considera o financiamento DIP já injetado na empresa, disse a Americanas em fato relevante.

    A nova oferta, segundo a companhia, também prevê capitalização de dívida concursal por parte dos credores no valor de R$ 12 bilhões e emissão de nova dívida para refinanciar parte das dívidas concursais existentes no valor de R$ 1,875 bilhão.

    Além disso, a proposta inclui $ 8,7 bilhões em dinheiro dedicados à recompra antecipada de dívida concursal com desconto, afirmou a Americanas no fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na terça-feira (10).

    Na máxima desta sessão, as ações da varejista foram negociadas a R$ 0,95, em alta de 18,75%. Por volta das 13h55, os papéis eram cotados a R$ 0,86, com elevação de 7,5%.

    No último pregão antes da revelação de um rombo contábil da ordem de R$ 20 bilhões, em janeiro, que desencadeou a atual crise envolvendo a Americanas e culminou com um pedido de recuperação judicial, as ações fecharam a R$ 12.

    Veja Também: Argentina: Dólar atinge novo recorde ao valer 1.000 pesos

    *Publicado por Marien Ramos