Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Argentina assina renegociação de dívidas com Espanha, França e Suécia

    Governo argentino busca administrar passivos em meio a uma grave crise econômica

    A Argentina assinou acordos de dívida com os governos de França, Espanha e Suécia, segundo comunicado
    A Argentina assinou acordos de dívida com os governos de França, Espanha e Suécia, segundo comunicado Christophe Ena/Pool via REUTERS

    da Reuters

    O governo da Argentina assinou acordos bilaterais para refinanciar dívidas com um trio de membros do Clube de Paris, disseram autoridades do país nesta segunda-feira (26), conforme o governo, que sofre com falta de dinheiro, busca administrar passivos em meio a uma grave crise econômica.

    A Argentina assinou acordos de dívida com os governos de França, Espanha e Suécia, segundo um comunicado.

    As resoluções mais recentes seguem acordos alcançados nos últimos meses com Itália, Bélgica, Suíça, Holanda, Alemanha, Canadá, Israel, Finlândia, Áustria, Dinamarca, Estados Unidos e Reino Unido, acrescentou o comunicado.

    No ano passado, o governo argentino chegou a um acordo com o Clube de Paris, formado pelos principais países credores, para retrabalhar os pagamentos da dívida até 2028.

    A Argentina também negocia termos e metas de desembolso para um programa de empréstimo de US$ 44 bilhões com o Fundo Monetário Internacional (FMI), antes das eleições nacionais ainda este ano.