Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Argentina limita compra de dólares para estrangeiros, a pedido de BC do país

    Órgão define novas regras com o objetivo de limitar a volatilidade e movimentos especulativos

    Nota de peso da Argentina entre notas de dólar
    Nota de peso da Argentina entre notas de dólar 17/10/2022. REUTERS/Agustin Marcarian/Illustration/File Photo

    Laís Adriana e Gabriel Tassi Lara, do Estadão Conteúdo

    A Comissão de Valores Mobiliários da Argentina limitou nesta quarta-feira (11) a compra de dólares para estrangeiros, atendendo a um pedido protocolado pelo BC do país em 5 de outubro.

    Em nota, o órgão regulador define uma série de regras para agentes estrangeiros de negociação, liquidação e compensação, sob o objetivo de limitar a volatilidade e movimentos especulativos do mercado cambial.

    De acordo com a nova resolução, investidores estrangeiros que não são agentes de valores mobiliários deverão operar somente até 100 milhões de pesos por dia, movimentando-os por conta própria e informando a comissão com no mínimo cinco dias de antecedência da operação.

    Para agentes de valores mobiliários estrangeiros, será exigido informar suas operações quando o valor exceder 100 milhões de pesos.

    Os investidores locais também devem informar o valor e para quem estão operando, caso realizem movimentações para estrangeiros, com valores limitados a 100 milhões de pesos por terceiro.

    Caso o investidor local opere por conta própria, é preciso informar a comissão quando operar acima de 200 milhões de pesos.

    Veja Também: Argentina: Dólar atinge novo recorde ao valer 1.000 pesos

    *Publicada por Marien Ramos