Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cada vez mais lojas nos EUA estão removendo caixas de auto atendimento; entenda

    Dollar General se juntou a marcas como Walmart e Target que estão revendo selfcheckout

    Problemas como furtos, demora e equipamentos danificados tem prejudicado clientes e lojas
    Problemas como furtos, demora e equipamentos danificados tem prejudicado clientes e lojas Getty Images

    Nathaniel Meyersohnda CNN

    Nova York

    A Dollar General está se juntando à lista crescente de redes de varejo que estão se afastando da tecnologia de caixas de auto atendimento.

    “Começamos a confiar muito este ano no selfcheckout em nossas lojas”, disse o CEO da Dollar General, Todd Vasos, na quinta-feira (8), em uma teleconferência de resultados. “Devíamos usar o selfcheckout como um meio de pagamento secundário, não primário.”

    A Dollar General expandiu as estações de auto atendimento, adicionando-as a mais da metade de suas aproximadamente 19.000 lojas.

    A empresa também testou lojas apenas com opções de selfcheckout e sem filas de caixa. Como outros varejistas, a Dollar General aposta que o auto atendimento reduziria seus custos trabalhistas e aceleraria o check-out para os clientes.

    Mas a Dollar General, que tem um quadro mínimo de pessoal nas lojas, tem recentemente relocado trabalhadores à frente das suas lojas para telefonar aos clientes.

    A empresa revisou sua estratégia de auto atendimento para melhorar as vendas e reduzir as perdas de mercadorias, conhecidas como “encolhimento”. A redução inclui furtos em lojas, roubos de funcionários, produtos danificados, erros administrativos, fraudes online e outros fatores.

    “Isso ajuda na linha de vendas porque temos alguém para atender, cumprimentar e ligar para o cliente”, disse Vasos. “Isso também ajuda na linha de encolhimento porque [nós] temos alguém na frente da loja que está sempre lá para monitorar” a área.

    A redução tem sido um problema crescente para as lojas, que culparam os furtos em lojas pelo aumento das perdas e apelaram a sanções penais mais duras.

    Mas as estratégias de auto atendimento também contribuíram para os seus problemas de redução. Os varejistas perdem mais vendas possíveis com o selfcheckout do que com os caixas de serviço completo, tanto por furtos intencionais em lojas quanto por erros honestos dos clientes.

    Um estudo realizado com lojas dos Estados Unidos, Reino Unido e outros países europeus descobriu que as empresas com vias e aplicações de auto atendimento tiveram uma taxa de perdas de cerca de 4%, mais do dobro da média da indústria.

    Empresas repensando auto atendimento

    A Booths, uma rede de supermercados britânica, disse que está removendo estações de selfcheckout em todas as suas 28 lojas, exceto duas.

    O Walmart removeu as máquinas de autoatendimento em algumas lojas no Novo México no início de 2023. A ShopRite os retirou de uma loja de Delaware após reclamações de clientes.

    A Five Below, varejista de brinquedos com descontos, disse que a redução nas lojas com mais filas de selfcheckout foi maior e aumentará o número de caixas registradoras com funcionários em novos locais.

    Outros varejistas estão fazendo ajustes nas políticas de auto atendimento.

    Em algumas lojas, a Target restringiu o uso do serviço aos clientes que compram 10 itens ou menos. Os clientes que compram mais de 10 itens são obrigados a usar caixas com atendente.

    Já a Costco disse que está adicionando mais funcionários em áreas de selfcheckout depois de descobrir que não-membros estavam entrando furtivamente para usar cartões de membro que não lhes pertenciam no auto atendimento.

    Veja também: Supermercados estão repensando o uso de caixas de autoatendimento; entenda

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original