Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CVM determina que companhias abertas devem divulgar dados sobre sustentabilidade

    Iniciativa faz parte do Plano de Transformação Ecológica do governo

    Objetivo é auxiliar investidores internacionais a reconhecer riscos e oportunidades relacionados à sustentabilidade
    Objetivo é auxiliar investidores internacionais a reconhecer riscos e oportunidades relacionados à sustentabilidade Getty Images

    da Reuters

    As companhias abertas ficarão obrigadas a publicar relatórios anuais com informações financeiras relacionadas à sustentabilidade a partir de 2026.

    A determinação feita pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta sexta-feira (20) estabelece que as empresas devem apresentar indicadores e métricas claros e comparáveis.

    O objetivo da iniciativa, que faz parte do Plano de Transformação Ecológica do governo, é auxiliar investidores internacionais a reconhecer riscos e oportunidades relacionados à sustentabilidade, afirmou o Ministério da Fazenda em nota.

    As principais divulgações que serão requisitadas das empresas englobam tópicos como governança, estratégia, gestão de riscos, métricas e metas relativas à sustentabilidade.

    “Além de se antecipar a futuras regulamentações, esta medida da CVM serve como um incentivo para que empresas adotem, proativamente, práticas mais sustentáveis”, afirmou o ministério, acrescentando que, com a resolução, o país se alinha a um movimento global e torna o mercado nacional mais atraente a investimentos estrangeiros.

    Os relatórios poderão ser apresentados de forma voluntária já a partir do ano que vem.

    A partir de 2026, serão compulsórios, disse a Fazenda, ressalvando que podem haver ajustes após a realização de consulta pública.

    Veja também: Pacto da ONU discute diversidade e sustentabilidade no Brasil