Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Desenrola: para acessar programa é preciso se cadastrar; saiba como

    Programa de renegociação de dívidas estará disponível para pessoas com renda de até 2 salários mínimos ou que estejam inscritas no CadÚnico e que tenham débitos negativados de até R$ 5 mil

    Para ter acesso ao sistema do Desenrola é necessário que o cidadão possua cadastro na plataforma gov.br nas categorias Prata ou Ouro
    Para ter acesso ao sistema do Desenrola é necessário que o cidadão possua cadastro na plataforma gov.br nas categorias Prata ou Ouro Marcello Casal Jr/Agência Brasil

    Cristiane Nobertoda CNN

    Brasília

    Até o final de setembro o governo federal irá abrir a plataforma do Desenrola para o público em geral. O programa de renegociação de dívidas estará disponível para pessoas com renda de até 2 salários mínimos ou que estejam inscritas no CadÚnico e que tenham débitos negativados de até R$ 5 mil.

    No entanto, para ter acesso ao sistema é necessário que o cidadão possua cadastro na plataforma gov.br nas categorias Prata ou Ouro. (Veja abaixo como realizar o cadastro).

    A conta no gov.br é uma plataforma de identificação digital de cada cidadão. Nela é possível se identificar com segurança na hora de acessar serviços digitais, como a declaração de Imposto de Renda, serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), documentos digitais, como carteira de trabalho e de motorista e até mesmo realizar assinaturas digitais e prova de vida no INSS.

    O Ministério da Fazenda aponta existem mais de 150 milhões de contas gov.br, sendo mais de 70 milhões nos níveis Prata ou Ouro.

    Como fazer o cadastro

    O cadastro é realizado diretamente no portal do governo federal.

    1. Acesse www.gov.br
    2. Selecione “Entrar com gov.br”
    3. Digite seu CPF e clique em “Continuar” para criar ou alterar sua conta.

    Ao realizar o cadastro, o cidadão preenche um formulário simples e seus dados podem ser validados na Receita Federal ou no INSS. O cadastro também pode ser realizado em uma Agência do INSS ou nos postos do Senatran. Todavia, este formulário só permite o nível Bronze.

    Para subir para o nível Prata, os cidadãos devem fazer biometria facial com a CNH ou ser servidor público federal ou fazer o login pelo banco, caso este faça parte dos que estão credenciados.

    São eles: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Banco de Brasília, Caixa Econômica, Sicoob, Santander, Itaú, Agibank, Sicredi e Mercantil do Brasil.

    Lembrando que é preciso ter o número de telefone cadastrado em seu banco para recebimento do SMS de confirmação do acesso.

    Já a conta Ouro exige o reconhecimento facial pelo aplicativo para conferência da sua foto nas bases da Justiça Eleitoral (TSE) ou validação a partir do QR Code da sua Carteira de Identidade Nacional ou com Certificado Digital compatível com ICP-Brasil.

    Para aumentar o nível da sua conta Gov.br de Bronze para Prata ou Ouro, também é possível utilizar o aplicativo Gov.br e seguir as orientações. O próprio aplicativo oferece a oportunidade de aumentar o nível da sua conta.

    Veja também: Shein começa a isentar taxas em compras de até US$ 50