Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Disney anuncia compra de fatia restante de Hulu por US$ 8,6 bilhões

    Operação torna serviço de streaming propriedade integral do Magic Kingdom

    Logo do serviço de streaming da Disney
    Logo do serviço de streaming da Disney REUTERS/Dado Ruvic/File Photo

    Oliver Darcyda CNN

    A Disney disse nesta quarta-feira que vai adquirir a participação de 33% da Comcast no Hulu por US$ 8,61 bilhões, tornando o serviço de streaming de propriedade integral do Magic Kingdom.

    “A aquisição da participação da Comcast no Hulu pelo valor justo de mercado promoverá os objetivos de streaming da Disney”, disse a empresa em um breve comunicado à imprensa.

    O acordo de quarta-feira põe fim a uma longa especulação sobre o destino do Hulu, mas ainda exige um processo de avaliação que deve ser concluído em 2024 para avaliar melhor o valor justo do serviço de streaming antes que um preço final de venda seja acordado.

    A oferta da Disney para adquirir as ações restantes da plataforma começou em 2019 sob um acordo entre as duas empresas que deu ao Hulu um valor de pelo menos US$ 27,5 bilhões.

    O executivo-chefe da Disney, Bob Iger, sinalizou publicamente nos últimos meses sua intenção de adquirir as ações restantes do serviço de streaming, dizendo em março que a Disney “estava estudando o negócio com muito, muito cuidado”.

    A decisão ocorre em um momento em que a gigante do entretenimento faz mudanças drásticas em seu negócio de mídia, com Iger aventando abertamente a possibilidade de vender sua divisão ABC e está em busca de um “parceiro estratégico” para a ESPN, já que pretende fazer uma transição rápida do negócio de televisão linear para o streaming.

    O Hulu, plataforma de streaming baseada em assinatura, foi fundada em 2007 com propriedade conjunta de um grupo de empresas de mídia – incluindo a 21st Century Fox, a Comcast e a antiga empresa matriz da CNN, a Time Warner. Nos últimos anos, essas empresas começaram a se concentrar em suas respectivas plataformas de streaming.

    Em 2020, a NBCU lançou sua própria plataforma de streaming baseada em assinatura, a Peacock, e a Comcast começou a transferir a programação do Hulu para a nova plataforma, incluindo os programas da Bravo e da NBC

    Mas, Hulu continuou apresentando crescimento com filmes e programas originais de sucesso, incluindo “The Handmaid’s Tale”, “The Bear” e “Reservation Dogs”, acumulando mais de 48 milhões de assinantes, mesmo com o aumento contínuo do preço do serviço.

    A Disney também incluiu o serviço Hulu em seu portfólio maior de serviços de streaming, incluindo Disney+ e ESPN+, oferecendo-o com desconto como parte do pacote maior.

    O Hulu tem sido um ponto brilhante no império de mídia da Disney, que trabalha para tornar o streaming lucrativo rapidamente e conquistar uma grande base de assinantes atraídos por sua biblioteca de entretenimento.

    “Agora, tive mais três meses para realmente estudar isso com cuidado e descobrir qual é o melhor caminho para expandirmos esse negócio”, disse Iger em uma teleconferência de resultados em maio. “Está claro que a combinação do conteúdo do Disney+ com o entretenimento geral é muito positiva, é uma combinação muito forte do ponto de vista dos assinantes.”

    A Disney deve divulgar seus resultados de lucros trimestrais em 8 de novembro.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original