Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Empresa de delivery DoorDash oferece pagamento por hora para situações imprevistas com pedidos

    Entregadores na cidade de Nova York ganham cerca de US$ 7,09 por hora, e a nova taxa permitirá ganho de pelo menos US$ 19,96 por hora

    Novo modelo de pagamento ocorre logo após a DoorDash criticar o salário-mínimo da cidade de Nova York para motoristas de aplicativos
    Novo modelo de pagamento ocorre logo após a DoorDash criticar o salário-mínimo da cidade de Nova York para motoristas de aplicativos Freepik

    Danielle Wiener-Bronnerda CNN

    Nova York

    Alguns motoristas da DoorDash estão fartos do imprevisível negócio de entrega: alguns pedidos podem demorar mais do que o esperado devido a circunstâncias fora do controle dos trabalhadores. A empresa disse que tem uma solução.

    A DoorDash começará a oferecer a seus motoristas de entrega pagamento por hora, informou a empresa na quarta-feira (28), para ajudar a garantir que os trabalhadores tenham uma noção melhor de quanto ganharão por turno.

    O novo modelo de pagamento ocorre logo após a DoorDash criticar o salário mínimo da cidade de Nova York para motoristas de aplicativos.

    O serviço de entrega disse na quarta-feira que Dashers, nome dado às pessoas que fazem entregas, agora terá a opção de ganhar uma taxa mínima por hora proporcional, além de gorjetas.

    O relógio começa quando eles aceitam uma oferta de entrega e termina quando eles concluem a entrega.

    A DoorDash fez o anúncio como parte de uma série de mudanças em homenagem ao seu 10º aniversário, observando que a nova opção de pagamento é “a maior atualização de todos os tempos na forma como os Dashers ganham”.

    Ele será lançado nacionalmente até o final do ano.

    Funciona assim: ao decidir se aceita uma oferta, os motoristas podem ver quanto ganharão por hora.

    Anteriormente, os entregadores eram pagos por oferta de entrega, uma opção que permanece disponível. A taxa horária é calculada para ser comparável ao que os trabalhadores ganhariam por entrega, observou a empresa.

    A vantagem de uma taxa por hora é que os Dashers sabem que serão compensados por seu tempo se ficarem presos no trânsito ou esperando por um pedido de restaurante demorado, observou Cody Aughney, chefe das equipes de negócios Dasher e Logística da DoorDash, durante um evento discutindo as mudanças.

    “Conversando com os Dashers, sabemos que há alguns que priorizam mais consistência”, disse ele. “Eles querem saber exatamente quanto vão ganhar pelo tempo gasto”.

    As taxas por hora não estarão disponíveis em mercados onde há um salário mínimo por hora legislado para motoristas, de acordo com a empresa.

    A cidade de Nova York anunciou recentemente uma nova taxa de pagamento mínimo para trabalhadores de entrega de comida de aplicativos.

    Os entregadores na cidade ganham cerca de US$ 7,09 por hora, e a nova taxa permitirá que eles ganhem pelo menos US$ 19,96 por hora, de acordo com o gabinete do prefeito.

    A remuneração vai subir para US$ 17,96 por hora em 12 de julho e aumentar para quase US$ 20 por hora em abril de 2025.

    A DoorDash disse em um comunicado na época do anúncio da cidade que está considerando um litígio para reagir contra a “apólice extremista”, dizendo que vai além dos padrões que outras indústrias são mantidas – embora não se oponha a um salário-mínimo para trabalhadores de entrega.

    Na quarta-feira, a empresa disse que está fazendo outras mudanças que devem ajudar os motoristas de entrega a ganhar mais, como permitir que os clientes adicionem ou aumentem uma gorjeta até 30 dias após a entrega do pedido e introduzindo um recurso chamado “Dash Along the Way,” o que ajuda a emparelhar motoristas com pedidos que estão ao longo de suas rotas de deslocamento.

    Também permite que os motoristas compartilhem sua localização com até cinco contatos como medida de segurança.

    As mudanças são “todas sobre aumentar o potencial de ganhos para os Dashers e fornecer aos Dashers tranquilidade adicional – duas coisas que a comunidade Dasher está constantemente nos dizendo são prioridades para eles na estrada,” Austin Haugen, que lidera a equipe de produto para Dasher e Logística na DoorDash, disse durante o evento de terça-feira.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original