Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Exportações de grãos da Ucrânia caíram 43% na safra atual, diz ministério

    Exportações país recuaram desde o início da guerra em fevereiro porque os portos ucranianos do Mar Negro foram fechados

    Três portos do Mar Negro foram desbloqueados no final de julho sob um acordo entre Moscou e Kiev, intermediado pelas Nações Unidas e a Turquia
    Três portos do Mar Negro foram desbloqueados no final de julho sob um acordo entre Moscou e Kiev, intermediado pelas Nações Unidas e a Turquia 17/07/2020REUTERS/Valentyn Ogirenko

    da Reuters

    As exportações de grãos da Ucrânia caíram 43,2% ano a ano na temporada 2022/23 até agora, atingindo 6,88 milhões de toneladas, disse o Ministério da Agricultura nesta quarta-feira (21).

    As exportações de grãos do país recuaram desde o início da guerra em fevereiro porque os portos ucranianos do Mar Negro, uma rota importante para embarques, foram fechados, elevando os preços globais dos alimentos e provocando temores de escassez na África e no Oriente Médio.

    Três portos do Mar Negro foram desbloqueados no final de julho sob um acordo entre Moscou e Kiev, intermediado pelas Nações Unidas e a Turquia.

    Dados do ministério mostraram que as exportações até agora na temporada de julho de 2022 a junho de 2023 incluíram 3,95 milhões de toneladas de milho, 2,30 milhões de toneladas de trigo e 598.000 toneladas de cevada.

    O governo disse que a Ucrânia pode colher de 50 a 52 milhões de toneladas de grãos este ano, abaixo do recorde de 86 milhões de toneladas em 2021, devido à perda de terras para as forças russas e menores rendimentos.