Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsas da Ásia fecham em maioria em alta, na esteira de NY após dados de inflação

    Índice Hang Seng subiu 1,04% em Hong Kong, a 21.738,66 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,89% em Seul, a 2.386,09 pontos

    Sergio Caldas, do Estadão Conteúdo

    As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta sexta-feira (13), após Wall Street avançar pelo terceiro dia seguido na quinta-feira com a confirmação de que a inflação nos EUA desacelerou mais.

    O índice Hang Seng subiu 1,04% em Hong Kong, a 21.738,66 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi avançou 0,89% em Seul, a 2.386,09 pontos, após o BoK, como é conhecido o banco central local, aumentar seu juro básico em mais 25 pontos-base a 3,50%, como se previa.

    No mercado taiwanês, o Taiex assegurou ganho de 0,63%, a 14.824,13 pontos.

    Na China continental, o Xangai Composto teve alta de 1,01%, a 3.195,31 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,90%, a 2.067,15 pontos.

    O tom positivo prevaleceu após as bolsas de Nova York subirem pelo terceiro pregão consecutivo na quinta, sustentadas pela esperança de que o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) passará a elevar juros em ritmo mais moderado após dados confirmarem que a inflação ao consumidor (CPI) americano teve nova desaceleração em dezembro.

    Com o foco ainda nos EUA, números da balança comercial chinesa revelados nesta madrugada ficaram em segundo plano. Em dezembro, tanto as exportações quanto as importações da China sofreram fortes quedas anuais, mas não tão intensas quanto se esperava.

    A notável exceção negativa na Ásia hoje foi a Bolsa de Tóquio. O índice Nikkei caiu 1,25%, a 26.119,52 pontos, em meio à especulação de que o Banco do Japão (BoJ) poderá ceder e apertar sua política monetária ultra-acomodatícia, em reunião na próxima semana, à medida que o rendimento do bônus do governo japonês (JGB) de 10 anos chegou a brevemente ultrapassar o teto oficial de 0,50%.

    Na Oceania, a bolsa australiana seguiu Wall Street e o viés positivo da região asiática, e o S&P/ASX 200 avançou 0,66% em Sydney, a 7.328,10 pontos.