Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Geração de energia eólica quebrou quatro recordes na quinta-feira, diz ONS

    Registros ocorreram no Sistema Interligado Nacional (SIN) e no subsistema Nordeste, tanto no pico de geração instantânea quanto na geração média do dia

    Turbina eólica
    Turbina eólica 5/08/2013REUTERS/Carlos Jasso

    Daniel Rittnerda CNN

    Brasília

    A quinta-feira (20) desta semana foi marcada pela quebra de quatro recordes na geração de energia eólica no Brasil, segundo informações do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

    Os registros ocorreram no Sistema Interligado Nacional (SIN) e no subsistema Nordeste tanto no pico de geração instantânea quanto na geração média do dia.

    No SIN, a produção instantânea de energia eólica atingiu 20.211 megawatts (MW) às 5h12, o equivalente a 33,4% da demanda nacional naquele momento.

    Na média do dia, a energia produzida pelos ventos resultou em 8.316 MW médios, o que corresponde a 25,6% do necessário para abastecer o país na quinta-feira.

    No Nordeste, especificamente, os dados do subsistema são de que a geração eólica instantânea alcançou 18.415 MW, às 8h07 do dia 20 de julho.

    A geração média, ainda na quinta-feira, chegou a 16.754 MW médios na mesma data. Isso equivale a 138% da demanda.

    Ou seja, além de atender plenamente as necessidades do consumo no Nordeste, a região ainda “exportou” energia para outros subsistemas do país.