Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo demite presidente da Caixa Econômica Federal para nomear aliado de Lira

    Para o lugar de Rita Serrano, o governo federal nomeará o economista Carlos Antônio Vieira Fernandes

    Tainá Falcãoda CNN

    em Brasília

    O governo federal demitiu nesta quarta-feira (25) Rita Serrano, que ocupava o cargo de presidente da Caixa Econômica Federal.

    A CNN teve acesso a um comunicado do Palácio do Planalto dizendo que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta quarta com Serrano e agradeceu seu trabalho e dedicação no exercício do cargo.

    “Serrano cumpriu na sua gestão uma missão importante de recuperação da gestão e cultura interna da Caixa Econômica Federal, com a valorização do corpo de funcionários e retomada do papel do banco em diversas políticas sociais, ao mesmo tempo aumentando sua eficiência e rentabilidade, ampliando os financiamentos para habitação, infraestrutura e agronegócio”, diz a nota.

    O governo federal nomeará o economista Carlos Antônio Vieira Fernandes para a presidência do banco, aliado de Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, e servidor de carreira da Caixa.

    A mudança no comando da Caixa acontece em um momento em que a Câmara dos Deputados se prepara para votação do projeto de taxação das offshores e fundos exclusivos e em meio às discussões sobre a reforma tributária.

    Rita Serrano havia sido assumido o cargo de presidente da Caixa em janeiro deste ano. A cerimônia de posse teve a participação de Lula. Serrano foi a quarta mulher a presidir a instituição, sendo a segunda empregada de carreira.

    Veja também – Valdemar à CNN: Não aceitaremos cargos na Caixa