Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo lança grupo de trabalho responsável por criar Plano Nacional de Igualdade Salarial

    O grupo terá duração de 180 dias, prorrogáveis por mais 180

    O grupo será coordenado pelo Ministério das Mulheres, com a participação de outros sete ministérios
    O grupo será coordenado pelo Ministério das Mulheres, com a participação de outros sete ministérios Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Gabriel Garciada CNN

    Brasília

    O Governo Federal lançou, nesta terça-feira (12), o Grupo de Trabalho Interministerial (GTI), instituído para criar o Plano Nacional de Igualdade Salarial e Laboral entre Mulheres e Homens.

    Participaram do evento de lançamento, o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, a ministra das Mulheres, Cida Gonçalves e a ministra da Gestão, Esther Dweck.

    O novo plano não irá abordar apenas o salário e outros tipos de remuneração, mas temas como condições e ambiente de trabalho; oportunidades de crescimento profissional e aspectos étnico-raciais.

    Para a ministra das Mulheres, é necessário um olhar atento para as causas da desigualdade salarial. “Pensar na igualdade salarial, porém, sem perder de vista o objetivo final, que é a equidade de gênero”, concluiu a ministra.

    O ministro do Trabalho destacou que o intuito do grupo é sensibilizar a sociedade “principalmente em relação à sobrecarga de trabalhos domésticos”.

    O objetivo do governo é propor metas e ações para promover a autonomia econômica das mulheres e a redução da pobreza. O grupo será coordenado pelo Ministério das Mulheres, com a participação de outros sete ministérios.

    O grupo terá duração de 180 dias, com a possibilidade de ser prorrogado por mais 180. Após a conclusão, o colegiado terá mais 30 dias para enviar a proposta à ministra das Mulheres, Cida Gonçalves.

    Veja também: IPCA sobe 0,23% em agosto, diz IBGE