Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo Lula cria canal no Conselhão para debater reforma administrativa

    Chamada Câmara Técnica de Transformação do Estado vai ser composta por dezessete conselheiros dos Conselhão e dez participantes convidados

    Esther Dweck, ministra da Gestão e Inovação
    Esther Dweck, ministra da Gestão e Inovação Foto: Edu Andrade

    Danilo Moliternoda CNN

    São Paulo

    O governo Lula criou, no âmbito do Conselhão, uma câmara técnica para debater a reforma administrativa. A cerimônia que instituiu o canal aconteceu no Palácio do Planalto nesta segunda-feira (16).

    A chamada Câmara Técnica de Transformação do Estado vai ser composta por dezessete conselheiros dos Conselhão e dez participantes convidados. Pelo governo, cinco Ministérios estarão representados:

    • Gestão e da Inovação em Serviços Públicos;
    • Planejamento e Orçamento;
    • Fazenda;
    • Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC);
    • Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República

    A Câmara é, segundo o governo, um espaço para discutir com a sociedade civil e especialistas medidas relacionadas à transformação do Estado. O canal é formado também por três subgrupos:

    • Desigualdade, diversidade e equidade;
    • Produtividade e competitividade;
    • Desenvolvimento de capacidades estatais e simplificação para a inclusão e o acesso cidadão.

    Serão realizadas quatro reuniões gerais e quatro reuniões temáticas de cada subgrupo.

    “A transformação do Estado não é para o Estado: é para o Estado melhor servir a sociedade. Então, nada melhor do que ouvir a sociedade em tudo que a gente vai fazer”, afirmou a ministra da Gestão, Esther Dweck.

    “O Conselhão é o principal canal de diálogo do governo com os diversos setores da sociedade”, completou.

    O secretário extraordinário para a Transformação do Estado, Francisco Gaetani, indicou que “o que dá sentido a essa câmara é a disposição dos seus membros de criticar, propor, sugerir, participar”.