Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Índice de preços ao consumidor na Argentina sobe 6,3% em julho e inflação anual chega a 113,4%

    Resultado informado pelo Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) representa uma aceleração ante ao avanço mensal de 6,0% em junho

    Nos sete primeiros meses do ano, o CPI argentino acumula alta de 60,2%
    Nos sete primeiros meses do ano, o CPI argentino acumula alta de 60,2% Banco de imagens/Pexels

    André Marinho, do Estadão Conteúdo

    O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Argentina subiu 6,3% em julho ante junho, informou o Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) do país nesta terça-feira (15). O resultado representa uma aceleração ante ao avanço mensal de 6,0% em junho.

    Na comparação anual, a inflação ao consumidor saltou 113,4% em julho frente a igual mês de 2022.

    Neste caso, houve desaceleração, após o avanço de 115,6% no mês anterior. Nos sete primeiros meses do ano, o CPI argentino acumula alta de 60,2%.

    Veja também: Elaine Bast analisa proposta de dolarização na Argentina