Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    INSS abre concurso com 1.000 vagas e salário de R$ 5.900; veja como se inscrever

    Das 1.000 vagas, 90 serão destinadas a pessoas com deficiência e 202 a pessoas negras, o equivalente a 5% e 20% do total, respectivamente

    Inscrições vão da próxima sexta (16) até 3 de outubro no site do Cebraspe (antigo Cespe/UnB)
    Inscrições vão da próxima sexta (16) até 3 de outubro no site do Cebraspe (antigo Cespe/UnB) Foto: Tony Winston/Agência Brasília

    Tamara Nassifdo CNN Brasil Business

    em São Paulo

    O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou, nesta quinta-feira (15), o edital de concurso para 1.000 vagas de técnicos do seguro social.

    Segundo publicação no Diário Oficial da União, o salário bruto inicial é de R$ 5.905,79 para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

    Como pré-requisito, o candidato, de idade mínima de 18 anos, precisa ter concluído o ensino médio ou curso técnico equivalente, ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, estar em gozo dos direitos políticos e em dia com as obrigações eleitorais. Para candidatos do sexo masculino, é preciso estar de acordo com as obrigações militares.

    Das 1.000 vagas, 90 serão destinadas a pessoas com deficiência e 202 a autodeclarados negros, o equivalente a 5% e 20% do total, respectivamente.

    As inscrições vão de sexta-feira (16) até 3 de outubro no site do Cebraspe (antigo Cespe/UnB). A taxa de inscrição, a ser paga até o dia 21 de outubro, é no valor de R$ 85. Candidatos com cadastro atualizado no sistema CadÚnico poderão pedir isenção total do pagamento, bem como doadores de medula óssea reconhecidos pelo Ministério da Saúde.

    O processo seletivo inclui provas objetivas, previstas para ocorrer em 27 de novembro, que terão 3h30 de duração, 50 questões de conhecimentos básicos e outras 70 de conhecimentos específicos. Gabaritos oficiais, resultados das provas e convocações para avaliação biopsicossocial — necessária àqueles que optarem por concorrer às vagas a autodeclarados negros e portadores de deficiência — serão divulgados no mês seguinte, dia 22 de dezembro.

    Também haverá curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório, nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). A carga horária é de até 180 horas presenciais, em tempo integral, a ser desenvolvida nos turnos diurno e noturno.

    O candidato matriculado terá auxílio financeiro correspondente a 50% do salário do cargo (R$ 2.952). Depois, o curso de formação terá duas provas: uma objetiva, composta por 120 questões, e outra discursiva, com duas questões. A nota final será a soma das provas objetivas e da nota final obtida no curso de formação.

    Os aprovados no concurso serão convocados, de acordo com a classificação nos exames, para trabalhar nas Agências de Previdência Social pulverizadas pelo país. Entre as atividades a serem desempenhadas, estão:

    • Atendimento ao público;
    • Assessoria em processos administrativos;
    • Instrução, tramitação e movimentação de processos e documentos;
    • Condução de estudos, pesquisas e levantamentos de informações;
    • Elaboração de minutas de editais, contratos, convênios e demais atos administrativos e normativos.

    A íntegra do escopo do cargo pode ser acessada pelo edital, disponível neste link.

    O último concurso público do INSS, publicado em 2015, teve mais de 1 milhão de inscritos para 950 vagas — 850 destas para o cargo de técnico do seguro social. Na época, a concorrência para a categoria era de 1.304 candidatos por vaga.