Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fundo soberano da Arábia Saudita investe US$ 31,6 bi em 2023 e se torna o mais ativo do mundo

    Fundo de Investimento Público (PIF) aumenta movimentação em mais de 50% e vai na contramão de concorrentes, que diminuíram aportes

    Fundo soberano se tornou o mais ativo do mundo
    Fundo soberano se tornou o mais ativo do mundo Getty Images

    Da CNN

    São Paulo

    O Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PIF, na sigla em inglês) investiu US$ 31,6 bilhões (R$ 154,8 bilhões, na cotação atual) em 2023 e se tornou o fundo mais ativo do mundo. É o que revela um levantamento da empresa de consultoria Global SWF.

    Os dados mostram que o total investido pelo fundo saudita em 2023 foi 52,6% maior do que os US$ 20,7 bilhões (R$ 101,43 bilhões) do ano anterior.

    O movimento foi na contramão de concorrentes globais, como o Temasek e o GIC, que reduziram investimentos em 2023.

    Segundo a Global SWF, o PIF atuou nas maiores negociações apoiadas por soberanos do ano, de forma direta ou por subsidiárias.

    Uma das movimentações mais relevantes foi a compra de quase US$ 5 bilhões (R$ 24,5 bilhões) da empresa de jogos americana Scopley, por meio da Savvy Games Group, além da aquisição do negócio de leasing de aviação do Standard Chartered por meio da AviLease por US$ 3,6 bilhões (R$ 17,6 bilhões).

    O PIF também esteve presente em negociações domésticas importantes que colaboraram para a diversificação da economia, conforme plano de Mohammed Bin Salman, príncipe herdeiro do reino e presidente do fundo soberano.

    No mês de setembro, o PIF comprou a empresa de aço da Sabic Basic Industries por US$ 3,3 bilhões (R$ 16,1 bilhões), o que ajudou a aumentar o investimento local do fundo para cerca de 42% do total em 2023.

    “A variedade de negócios mostra a largura de banda e o alcance incomparáveis ​​da PIF e das suas subsidiárias, que estão formando uma ampla rede para captar qualquer valor acrescentado para [o programa de desenvolvimento econômico] Visão Saudita 2030”, disse a Global SWF no relatório.

    Na contramão, o fundo de Singapura GIC reduziu os investimentos no ano passado em 46%, para US$ 19,9 bilhões (R$ 97,6 bilhões) e deixou a liderança do ranking de fundo soberano mais ativo do mundo pela primeira vez em seis anos.

    Os investimentos também tiveram queda de 53% para o Temasek, que investiu apenas US$ 6,3 bilhões (R$ 30,9 bilhões) em 2023. Segundo a consultoria, a retração dos dois fundos soberanos se deve à volatilidade dos mercados.

    “Os investidores de Cingapura têm sido mais cautelosos, e vimos isso refletido nos números”, disse a consultoria.

    “Os fundos soberanos do Golfo aumentaram sua dominância nas atividades de transações globais, em detrimento dos fundos de Cingapura e Canadá, e agora representam quase 40% de todo o valor de investimento pelos investidores soberanos”.