Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alckmin nega mudanças em texto da regra fiscal e diz que proposta irá ao Congresso na próxima semana

    Durante participação em evento do setor de infraestrutura, presidente em exercício disse ainda que governo irá lançar “grande programa de desenvolvimento”

    Elis Barretoda CNN

    Brasília

    O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quarta-feira (12) que o texto com a proposta da nova regra fiscal será enviado na próxima semana ao Congresso Nacional.

    “A LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias] até sexta-feira [vai ao Congresso]. Ela traz somente as diretrizes, o orçamento vai ser detalhado à frente. E a ancoragem fiscal certamente semana que vem”, afirmou.

    Alckmin foi perguntado ainda se a proposta sofreu mudanças em relação aos termos apresentados pelo ministério da Fazenda no último dia 30. Ele negou qualquer alteração.

    Durante participação em um evento do setor de infraestrutura, Alckmin reforçou a intenção do governo de lançar o que chamou de “grande programa de desenvolvimento”. Segundo ele, o projeto contará com investimentos públicos e privados.

    O presidente em exercício exaltou ainda a desaceleração da inflação do mês de março, registrada em 0,71%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE).

    “Inflação não é socialmente neutra, a inflação tira do mais pobre, e passa para o mais rico. Então a queda da inflação é muito importante. E ai ela ajudará na política monetária, que é a redução do custo do dinheiro, que é um fator fundamental para a atividade econômica”, finalizou.