Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Anec eleva projeção de exportação de milho e soja em janeiro para 3,73 milhões de toneladas

    No ano anterior, Brasil exportou 4,86 milhões de toneladas

    Fluxos para o exterior ficaram mais lentos após recorde em 2023
    Fluxos para o exterior ficaram mais lentos após recorde em 2023 25/10/2017 - REUTERS/Stringer

    de Reuters

    Os embarques de milho do Brasil para o exterior em janeiro foram estimados nesta terça-feira (9) em 3,73 milhões de toneladas, alta de 400 mil toneladas na comparação com a estimativa da semana anterior, de acordo com dados divulgados pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

    Ainda assim, os embarques deverão cair na comparação anual, quando o país exportou 4,86 milhões de toneladas.

    Após exportações recordes do cereal em 2023 e com a indústria local pagando mais pelo produto do que a exportação, os fluxos para o exterior ficaram mais lentos, disse a Anec anteriormente.

    Já a exportação de farelo de soja do Brasil deve alcançar 2,03 milhões de toneladas em janeiro, aumento de 280 mil toneladas na comparação com a previsão da semana anterior.

    Com isso, os embarques devem superar as 1,43 milhão de toneladas vistas no mesmo mês do ano anterior.

    A Anec praticamente manteve as suas projeções de exportações de soja e trigo para janeiro, respectivamente em 1,3 milhão de toneladas e 605 mil toneladas, na comparação com a semana anterior.

    No caso da soja, os embarques aumentarão em relação às 940 mil toneladas de janeiro do ano passado, em meio a maiores estoques, conforme informação divulgada na semana passada.