Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Arábia Saudita ainda não aderiu ao Brics, diz autoridade saudita

    País continua considerando o convite

    Faisal Alibrahim, ministro da economia da Arábia Saudita, disse neste mês que o reino ainda estava analisando a questão
    Faisal Alibrahim, ministro da economia da Arábia Saudita, disse neste mês que o reino ainda estava analisando a questão 23/08/2023 - REUTERS/Alet Pretorius/File Photo

    Reuters

    A Arábia Saudita ainda está considerando um convite para se tornar membro do bloco de países Brics, depois de ter sido convidada a participar do grupo no ano passado, disse uma autoridade saudita à Reuters.

    A fonte fez o comentário depois que a ministra das Relações Exteriores da África do Sul, Naledi Pandor, disse na quarta-feira (31) que o reino havia se juntado ao grupo.

    “A Arábia Saudita ainda não respondeu ao convite para se juntar ao Brics. Isso ainda está sendo considerado”, disse a autoridade saudita em uma declaração à Reuters.

    Em agosto, o grupo conheceu Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito, Irã, Argentina e Etiópia se juntou ao grupo a partir de 1º de janeiro, mas a Argentina sinalizou que não aceitaria o convite em novembro.

    A expansão do Brics, membros atuais são Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, daria a ele mais peso econômico e também poderia promover sua ambição declarada de se tornar um líder do Sul Global, ajudando a remodelar uma ordem mundial que considerado ultrapassado.

    Faisal Alibrahim, ministro da economia da Arábia Saudita, disse neste mês que o reino ainda estava analisando a questão.

    Riad está avaliando suas opções em um cenário de crescentes tensões geopolíticas entre Estados Unidos, China e Rússia, e como o estreitamento dos laços do reino com Pequim tem preocupação causada em Washington.

    Os Emirados Árabes Unidos, membro do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), afirmaram que aderiram ao bloco.