Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Atividade econômica da Argentina cai 8,4% em março, 5º mês seguido de baixa

    Setores de Construção e Indústria lideraram resultados negativos

    Resultado de março veio pior da queda registrada em fevereiro
    Resultado de março veio pior da queda registrada em fevereiro Photo by Benjamin Rascoe on Unsplash

    Da CNN

    São Paulo

    A atividade econômica da Argentina caiu 8,4% em março na comparação ao mês anterior, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (INDEC, na sigla em espanhol) publicados nesta quarta-feira (22).

    Foi o quinto mês seguido de retração, com resultado bastante acima da queda registrada em fevereiro, de 3%.

    Das 15 categorias pesquisadas, nove apresentaram recuo, com destaque negativo para Construção, com retração de 29,9% e Indústria, que perdeu 19,6% na comparação com março do ano passado.

    No campo positivo, o melhor desempenho foi do segmento de Agricultura, com alta de 14,1%.

    O movimento de desaceleração da economia acompanha a perda de força da inflação do país.

    Em março, a inflação da Argentina caiu para 11% em março, ante alta de 13,2% em fevereiro. A tendência para baixo se manteve em abril, com o indicador recuando para 8,8%, quarto mês de retração.