Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    China quer gerar 12 milhões de empregos; metas econômicas trazem poucos detalhes

    Autoridades de planejamento do gabinete não anunciaram detalhes sobre gastos nem outras iniciativas para reativar crescimento

    Pessoas leem cartaz de anúncio de emprego em Qingdao, China
    Pessoas leem cartaz de anúncio de emprego em Qingdao, China China Daily via Reuters

    do Estadão Conteúdo

    Autoridades econômicas da China expressaram nesta segunda-feira (6) confiança de que cumprirão a meta de crescimento deste ano de “cerca de 5%”, ao gerar 12 milhões de novas vagas e encorajar os gastos dos consumidores, após o fim dos controles contra a Covid-19.

    Autoridades de planejamento do gabinete não anunciaram detalhes sobre gastos nem outras iniciativas para reativar o crescimento, que desacelerou a 3% no ano passado, o segundo mais fraco em décadas.

    Mas afirmaram que planejam uma série de medidas para cumprir as metas anunciadas no domingo (5) pelo premiê Li Keqiang de elevar a renda e encorajar a inovação.

    Os esforços para impulsionar a economia chinesa têm implicações globais, após vendas fracas no varejo, em automóveis e no setor imobiliário conterem a demanda por importações.

    O país é o maior mercado exportador para seus vizinhos asiáticos e uma fonte de receita importante para companhias ocidentais.

    “Há muitos instrumentos de política na caixa de ferramentas”, afirmou o vice-presidente da Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento, Li Chunlin, em entrevista coletiva durante reunião da legislatura cerimonial da China.

    O relatório de trabalho do premiê no domingo foi inusualmente breve, com poucos detalhes, o que sugere que o Partido Comunista deve aguardar até um novo premiê e os ministros do governo serem nomeados neste mês para anunciar outras mudanças em tributos, regulação e subsídios.

    A meta de criação de empregos para este ano é de 12 milhões, superior à do ano passado, de 11 milhões, mas inferior aos 12,1 milhões de fato conseguidos em 2022, segundo Li.