Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com crescimento de 2%, 2024 será melhor que 2023 para economia brasileira, diz Mansueto

    Economista participou do Fly Now, evento em que a Cimed detalhou meta de faturar R$ 5 bilhões até 2025

    O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida
    O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

    Da CNN* São Paulo

    Economista-chefe do BTG Pactual e ex-secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida afirmou em evento nesta sexta-feira (1°) que, caso a economia brasileira concretize o — previsto — crescimento econômico de 2% e 2024, o ano terá sido melhor que 2023.

    “Para este ano, esperamos crescimento de 2%, mas temos que ter cuidado com o dado. Ano passado, tivemos crescimento de 3%. Os 2% deste ano serão melhores que os 3% deste ano passado”, disse

    “No ano passado, o crescimento veio praticamente todo do primeiro semestres, além de que metade deste crescimento decorreu da safra de grãos e da indústria extrativa”, completou.

    Segundo Mansueto, a tendência é que a economia acelere no segundo semestre, rodando a 2,5% de crescimento anual. Ele ainda espera que esta alta venha acompanhado de forte recuperação da indústria e do varejo.

    O ex-secretário ainda destacou que, apesar de a maior parte das instituições financeiras projetarem crescimento de 2%, o viés é de alta.

    “Há economistas erram [para baixo] as previsões para o crescimento”, destacou. Mansueto foi secretario do Tesouro no governo de Jair Bolsonaro (PL), em parte dos anos mencionados.

    Mansueto participou do Fly Now, evento em que a Cimed detalhou seus resultados no ano de 2023 e meta de faturar R$ 5 bilhões até 2025. Ele destacou os impactos positivos do cenário macroeconômico para a empresa.