Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    É pouco provável que Rússia saia de sistema financeiro global, diz ex-diretor do BC

    À CNN, ex-diretor do Banco Central Luiz Fernando Figueiredo afirmou ser "pouquíssimo provável" a retirada da Rússia do Swift, sistema de telecomunicações financeiras utilizado por países e bancos ao redor do mundo

    Produzido por Layane Serranoda CNN em São Paulo

    Em entrevista à CNN Brasil nesta sexta-feira (25), o ex-diretor do Banco Central Luiz Fernando Figueiredo afirmou ser “pouquíssimo provável” a retirada da Rússia do Swift, sistema de telecomunicações financeiras utilizado por países e bancos ao redor do mundo.

    “O Swift é como se fosse o cabo de fibra ótica das ligações telefônicas. Sem ele, você não consegue se comunicar. É a maneira como os países, os agentes, os bancos se comunicam fazendo transações de pagamentos”, disse.

    “Ficar fora desse sistema quer dizer que você está fora do sistema financeiro como um todo, não consegue pagar nem receber. É uma medida seríssima, pouquíssimo provável de ser aplicada. Eu diria que, na prática, é quase impossível de ser feita”, acrescentou.

    O ex-diretor do BC afirmou que a aplicação desta sanção à Rússia devido à invasão na Ucrânia pode acarretar novos acontecimentos geopolíticos, que talvez não sejam benéficos para o Ocidente.

    “Essa medida tem um risco, porque ela é forte demais e, se for feita, pode trazer a Rússia muito mais perto da China, que pode ajuda os russos, uma vez que o país asiático tem acesso ao fundo”, analisou.

    Luiz Fernando Figueiredo também disse que as respostas dos EUA foram “muito brandas”, o que ajudou a acalmar o mercado a pensar que o conflito talvez permaneça apenas no Leste Europeu.

    “Você vê que as sanções dos EUA foram bem leves, pois basta olhar as respostas dos mercados ontem. A bolsa americana fechou em alta, o petróleo que teve 4,5% de alta no início fechou em torno de 1%, um pouco acima”.

    “Os russos já sabiam quais eram as sanções, e, na prática, as sanções impostas foram leves. Existia uma preocupação com relação a uma sanção relacionada a petróleo, a própria questão do Swift, então a resposta poderia ser muito maior. Após a fala do Biden ontem, os mercados se recuperaram”, completou.

    *Texto publicado por Fabricio Julião