Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Estamos discutindo várias opções”, diz secretário sobre ajuda financeira a aéreas

    Pasta ainda não tem uma proposta para ajudar financeiramente as empresas aéreas

    Secretário de política econômica da Fazenda, Guilherme Mello
    Secretário de política econômica da Fazenda, Guilherme Mello Foto: Diogo Zacarias

    Cristiane Nobertoda CNN

    Brasília

    O secretário de políticas econômicas do Ministério da Fazenda, Guilherme Mello, afirmou nesta quinta-feira (21), que a pasta ainda não tem uma proposta em elaboração para ajudar financeiramente as empresas aéreas. Segundo ele, a equipe econômica apenas está “discutindo várias opções”.

    “O que há de concreto é que nós, junto com o ministro Sílvio [Costa Filho, de Portos e Aeroportos] e a equipe dele, estamos discutindo várias opções. Mas, antes de fecharmos qualquer desenho ou definição de política pública, nós entendemos em conjunto que é necessário fazer um diagnóstico mais pormenorizado do setor”, afirmou em coletiva de imprensa para comentar o Boletim Macrofiscal.

    A medida é defendida pelo Ministério de Portos e Aeroportos para reduzir custos operacionais das empresas que estão com dificuldades. Uma das ideias ventiladas é a transferência de recursos do fundo setorial da aviação civil ao Fundo do Clima a fim de financiar investimentos em combustíveis renováveis.

    De acordo com Mello, hoje “não há nenhuma definição” sobre o assunto. “Nenhuma construção no momento já mais avançada, de propostas específicas para o setor aéreo, o que há é momento de diálogo, entendimento, diagnóstico para nós entendermos o que se passa no setor”, frisou.