Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo Central registra déficit de R$ 20,6 bilhões em fevereiro

    Valor é 12,6% menor que o registrado no mesmo mês do ano passado

    Anna Russida CNN

    em Brasília

    As contas do Governo Central registraram déficit primário de R$ 20,619 bilhões em fevereiro deste ano. O valor é 12,6% menor que o rombo registrado no mesmo mês do ano passado.

    O resultado foi melhor que a mediana das expectativas da pesquisa Prisma Fiscal do Ministério da Economia, que indicava um saldo de R$ 21,7 bilhões.

    Os dados foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) nesta quarta-feira (30). O déficit acontece quando as receitas do governo foram insuficientes para cobrir as despesas públicas do período.

    O resultado primário do Governo Central inclui as contas do Tesouro Nacional, do Banco Central e da Previdência Social, excluídas as despesas com juros. Em fevereiro, a Previdência Social e o Tesouro Nacional registraram déficit respectivamente de R$ 19,319 bilhões, enquanto o Banco Central apresentou superávit de R$ 127 milhões.

    Por outro lado, o acumulado no primeiro bimestre do ano é um superávit de R$ 55,956 bilhões, com alta de 127,7% em relação aos dois primeiros meses de 2021. Em janeiro, as contas do Governo Central tiveram superávit primário de R$ 76,539 bilhões, o melhor valor da série histórica, iniciada em 1997, para meses de janeiro.

    Em 2021, o Governo Central registrou o primeiro superávit após oito anos no vermelho, com resultado positivo em R$ 35,1 bilhões. Na semana passada, a equipe econômica atualizou suas previsões e reduziu a projeção para o rombo de 2022 de R$ 76,1 bilhões para R$ 66,9 bilhões.