Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula sanciona reajuste da tabela do Imposto de Renda em evento no Dia do Trabalho

    Projeto de lei, recentemente aprovado pelo Congresso, leva isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos

    Lula sancina nesta quarta-feira (1º) mudança na tabela do IR
    Lula sancina nesta quarta-feira (1º) mudança na tabela do IR Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

    Da CNN

    O presidente Lula sancionou durante evento de celebração do Dia do Trabalho, em São Paulo, o projeto de lei que reajusta a tabela do Imposto de Renda (IR) — aprovado recentemente pelo Congresso Nacional.

    Neste 1º de maio, o petista foi à Neo Química Arena, estádio do Corinthians, em Itaquera, na zona leste de São Paulo. A celebração reuniu quadros da política e centrais sindicais.

    Aprovado pelo Senado no último dia 17, o projeto de lei leva isenção de IR para quem ganha até dois salários mínimos. A atualização havia sido determinada por medida provisória (MP) e, por isso, já vale para as declarações dos contribuintes neste ano.

    O projeto de lei estabelece que o novo limite da faixa de alíquota zero é de R$ 2.259,20. Com o desconto simplificado de R$ 564,80, a isenção vale, na prática, para quem ganha até R$ 2.824,00 mensais, equivalente a dois salários mínimos.

    Antes, a isenção do IR valia para salários de até R$ 2.640, valor correspondente a dois salários em 2023.

    Por causa da progressividade da tabela, a mudança na faixa de isenção do IR afeta a apuração do imposto para todos os contribuintes.

    Tabela progressiva sancionada:

    Nova tabela do IR a partir de 2024
    Nova tabela do IR a partir de 2024 / Fonte: Agência Senado

    De acordo com o governo, o impacto do aumento da parcela de isenção deve ser da ordem de R$ 3,03 bilhões neste ano. Em 2025, a redução de receitas tem valor estimado em R$ 3,53 bilhões e, em 2026, de R$ 3,77 bilhões.

    Publicado por Danilo Moliterno.