Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Minério de ferro cai antes de definição de políticas de estímulo na China

    Foco do mercado se voltou para o Banco Popular da China, que pode cortar a taxa de juros de sua linha de crédito de médio prazo na próximo quarta-feira

    Minério de ferro no porto de Zhoushan, China
    Minério de ferro no porto de Zhoushan, China 09/05/2019REUTERS/Stringer

    Por Enrico Dela Cruz, da Reuters

    Os preços do minério de ferro caíram nesta terça-feira (14), com novos surtos de Covid-19 na China obscurecendo as perspectivas de demanda na maior produtora de aço do mundo, embora as esperanças de medidas políticas para apoiar uma economia doméstica em dificuldades tenham ajudado a reduzir as perdas.

    O foco do mercado se voltou para o Banco Popular da China, que pode cortar a taxa de juros de sua linha de crédito de médio prazo na próximo quarta-feira.

    O contrato futuro de minério de ferro mais negociado em setembro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas em queda de 0,1%, a 901,50 iuanes (US$ 134,11) a tonelada, depois de cair mais cedo na sessão para 882 iuanes, o menor nível desde 31 de maio.

    Na Bolsa de Singapura, o contrato mais ativo de julho para o ingrediente siderúrgico recuou 0,4%, para US$ 134,10 a tonelada.

    O preço spot de referência do minério de ferro com teor de 62% na China recuou US$ 1, a US$ 137 a tonelada nesta terça-feira, segundo dados da consultoria SteelHome.

    A política rígida de zero-Covid da China e novas infecções em Pequim e Xangai levaram a testes em massa e restrições renovadas.

    “O risco de novos lockdowns permanece alto enquanto a abordagem dinâmica de zero Covid-19 permanece em vigor”, disse a Fitch Ratings em comunicado.

    A Fitch Ratings cortou sua previsão de crescimento econômico para a China este ano para 3,7%, de 4,8%, para refletir o impacto na atividade das recentes medidas de lockdown.