Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Minério de ferro e coque caem na China por medidas de controle da Covid-19

    Demanda foi reprimida, enquanto transporte interrompido levou ao aumento do estoque nas coquerias, disseram analistas da GF Futures

    Da Reuters

    Os preços das matérias-primas siderúrgicas na Bolsa de Mercadorias de Dalian, na China, caíram nesta terça-feira (22), com as medidas de controle devido ao recente aumento nos casos de Covid-19, o que prejudicou os níveis de transporte e produção nas usinas e também reduziu a demanda.

    “Afetada pela situação da pandemia, a demanda foi reprimida, enquanto o transporte interrompido levou ao aumento do estoque nas coquerias”, escreveram analistas da GF Futures em nota.

    Os estoques de coque em 230 coquerias ficaram em 11,5 milhões de toneladas na semana passada, um aumento de 1,1% em relação à semana anterior, mostraram dados da consultoria Mysteel.

    Como as margens de lucro das siderúrgicas estão relativamente baixas, a GF Futures acrescentou que existe a possibilidade de as produtoras de coque reduzirem os preços.

    Os contratos futuros de coque mais ativos na bolsa de Dalian para entrega em maio caíram 3,2%, para 3.509 iuanes (US$ 551,63 ) a tonelada no fechamento.

    Os preços do carvão metalúrgico caíram 3,1%, para 2.922 iuanes por tonelada.

    Os futuros de minério de ferro de referência na bolsa de Dalian fecharam em queda de 3,6%, para 799 iuanes por tonelada.