Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    MP de crédito para indústria no RS deve ser anunciada nesta terça, diz secretário do Tesouro

    Modelo é um fundo garantidor, baseado no Fundo do Clima que será pago via BNDES; proposta vai injetar R$ 15 bilhões para reconstruir empresas gaúchas

    Rogério Ceron pontuou que o incremento é importante para a recuperação da atividade econômica no RS no segundo semestre
    Rogério Ceron pontuou que o incremento é importante para a recuperação da atividade econômica no RS no segundo semestre Foto: Diogo Zacarias

    Cristiane Nobertoda CNN

    Em Brasília

    O secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, disse que a Medida Provisória (MP) para reconstruir indústrias no Rio Grande do Sul deve ser anunciada ainda nesta terça-feira (28). Segundo ele, o pacote elaborado pelo governo é um modelo baseado no Fundo do Clima que será pago via BNDES.

    Ceron pontuou que o incremento é importante para a recuperação da atividade econômica no RS no segundo semestre. Para ele, o estado, que sofre com as enchentes desde o fim de abril eque provocou estragos inestimáveis para o estado, está em um estado semelhante a um “pós-guerra”.

    “[A situação] se assemelha a um pós guerra, com ativos destruídos e que precisam ser reconstruídos. Para isso, o crédito é fundamental para as empresas reconstruírem sua capacidade o mais rápido possível. Estamos dando todo esse apoio e não estamos deixando ninguém de fora. Vai beneficiar as grandes empresas para permitir que o RS se reconstrua no segundo semestre a taxas bem elevadas”, disse em coletiva de imprensa para comentar os resultados do Tesouro Nacional nesta terça-feira.

    O vice-presidente e ministro da Indústria, Geraldo Alckmin, disse que a linha prevê a destinação de R$ 15 bilhões para a reconstrução do parque industrial gaúcho.

    Tesouro vai publicar quadro de medidas

    Ceron também comentou que o Tesouro Nacional vai trazer um quadro de transparência “apartado” do boletim de resultado primário para acompanhar as medidas anunciadas pela Fazenda ao RS com as execuções orçamentárias de cada proposta.

    “Já tem um quadro que o Tesouro tem divulgado, mas vamos tentar manter isso atualizado e trazer isso de tempos em tempos”, disse Ceron.

    De acordo com a equipe técnica da pasta, o quadro será nos mesmos moldes do feito na época da pandemia de covid-19 e vai ser publicado no site do Tesouro.

    Ainda segundo Ceron, boa parte das medidas já tem autorização, mas o dinheiro ainda não foi empenhado. O quadro vai acompanhar essa dinâmica.