Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Petroleiras preveem aumento de R$ 0,23 da gasolina com MP do PIS/Cofins

    Além dos impactos na distribuição de combustíveis, os efeitos da medida serão sentidos também no refino

    Posto de combustível
    Posto de combustível Marcello Casal Jr/Agência Brasil

    Daniel RittnerMarina Demorida CNN

    Brasília

    O Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP) calcula que a medida provisória editada pelo governo para compensar a desoneração da folha de pagamento terá impacto de R$ 0,23 no litro da gasolina e de R$ 0,11 no valor do óleo diesel.

    “O impacto é tão negativo no bolso do consumidor que a única saída é o governo retirar a medida”, disse à CNN o presidente do IBP, Roberto Ardenghy.

    Além dos impactos na distribuição de combustíveis, os efeitos da MP 1227 serão sentidos também no refino, segundo a entidade que congrega as refinarias privadas, responsáveis por 20% da produção brasileira de derivados.

    “Estimamos um impacto de R$ 4 bilhões”, afirma Evaristo Pinheiro, presidente da Refina Brasil.

    Para ele, a melhor saída é uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender a eficácia da medida provisória ou uma “rejeição urgente” do Congresso Nacional, a fim de invalidar o texto.