Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Secretário da COP30 fala em “combo de ações” para receber público em Belém

    Valter Correia participou do CNN Talks cujo tema foi Economia Verde: Sustentabilidade é Oportunidade

    CNN Talks Economia Verde: sustentabilidade é oportunidade.Painel 3: A COP 30 no BrasilValter Correia, secretário extraordinário para COP30, São Paulo - SP 21.06.2024
    CNN Talks Economia Verde: sustentabilidade é oportunidade.Painel 3: A COP 30 no BrasilValter Correia, secretário extraordinário para COP30, São Paulo - SP 21.06.2024 Gilberto Marquesi/Fotosintese/CNN

    Da CNN

    Secretário extraordinário para COP30, da Casa Civil, Valter Correia a falou em um “combo de ações” para receber público em Belém para a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2025, prevista para ocorrer em novembro de 2025, no Pará.

    Correia participou na manhã desta sexta-feira (21), em São Paulo, do CNN Talks cujo tema foi Economia Verde: Sustentabilidade é Oportunidade.

    Em sua fala, o secretário mencionou reuniões que teve nas últimas semanas com o setor hoteleiro e condomínios (cujos apartamentos podem ser alugados, em plataformas como AirBnb) da capital paraense, a fim de disponibilizar estadia para as delegações que serão recebidas.

    Também serão disponibilizados aos visitantes internacionais dois navios transatlânticos para estadias de luxo. “É um combo de ações”, disse Valter Correia. Também vêm ocorrendo reuniões com bancos públicos, por fontes de financiamento.

    O secretário afirmou ainda que a infraestrutura de Belém, que receberá o evento, ainda é o principal desafio dentre os preparativos para a conferência.

    “É um desafio bastante grande, mas estamos avançando bastante”, disse.

    No início deste ano, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou R$ 140 milhões em crédito para o setor de turismo em Belém, especialmente voltado aos segmentos de hotéis, bares e restaurantes. As operações visam apoiar micro, pequenos e médios negócios para garantir o atendimento aos visitantes.

    A avaliação é de serão necessários, por exemplo, investimentos de retrofit e adequações nos meios de hospedagens da cidade, que atualmente concentram perfis nas classes C e D, para perfis nas classes A e B.

    No segmento de bares e restaurantes, são necessárias adequações para padrões sanitários internacionais, investimentos em capacitação de mão de obra e em modernização e renovação de equipamentos.

    Desde o anúncio da realização da COP em Belém, o BNDES aprovou financiamento no valor de R$ 3 bilhões para a execução de plano de investimentos multissetorial de melhoria da infraestrutura urbana e para ampliação do acesso a equipamentos e serviços públicos na região metropolitana da cidade.

    Em outra iniciativa, a instituição aprovou R$ 40 milhões para a restauração do Conjunto dos Mercedários, equipamento cultural que poderá ser usado como instalação durante o evento da ONU.

    Tópicos

    Tópicos