Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Trabalhos híbrido e remoto dão 20 dias livres a mais por ano a funcionário, diz pesquisa

    Levantamento também mostra que o modelo híbrido é a preferência de 48% das empresas em 2022, e é o modelo preferido por 92% dos profissionais entrevistados

    58% das empresas que adotaram o modelo híbrido exigem presença no escritório de duas a três vezes por semana
    58% das empresas que adotaram o modelo híbrido exigem presença no escritório de duas a três vezes por semana Foto: Daniel Bosse/Unsplash

    Danúbia Bragada CNN em São Paulo

    Funcionários que trabalham em modelos híbridos ou remotos ganharam aproximadamente 20 dias livre no ano, segundo dados de uma pesquisa realizada pela empresa global de consultoria Robert Half.

    A pesquisa aponta que, com a nova rotina, os trabalhadores economizam tempo de deslocamento, seja com redução da utilização do transporte público ou por passar menos tempo usando carros.

    Além da economia de tempo, o levantamento também aponta uma melhora na qualidade de vida dos trabalhadores que adotam os modelos.

    O levantamento também mostra que o trabalho híbrido é a preferência de 48% das empresas em 2022, e é o modelo preferido por 92% dos profissionais entrevistados.

    Para referência, 58% das empresas que adotaram o modelo híbrido exigem presença no escritório de duas a três vezes por semana. Ainda sim, 95% concordam que a estratégia não funciona para todos.

    Quanto aos desafios, a pesquisa aponta que as empresas precisam focar na reconstrução das conexões entre as equipes e suas áreas, além de adotar plataformas que melhorem a comunicação.