Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vendas de veículos novos aumentam 17,6% em abril, diz Fenabrave

    Em 2024, resultado acumula aceleração de 16,31% com 735.312 unidades

    Os carros e comerciais leves elétricos puros registraram crescimentos respectivos de 9,29% e 1.090,94%, a 6.705 unidades
    Os carros e comerciais leves elétricos puros registraram crescimentos respectivos de 9,29% e 1.090,94%, a 6.705 unidades 03/10/2017 - REUTERS/Stephen Lam

    Reuters

    Os emplacamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus aumentaram 17,63% em abril ante março e 37,44% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

    No acumulado de 2024, as vendas de veículos novos subiram 16,31%, a 735.312 unidades.

    De acordo com a associação de concessionários, o crescimento no mês se explica em parte pelo maior número de dias úteis — 22 em abril, contra 20 em março, mas também pelo aumento em vendas diárias.

    Segundo os dados, a média de emplacamentos diários de automóveis e comerciais leves subiu 7,5% de março para abril.

    “Começamos 2024 confiantes em um crescimento sustentado e este primeiro quadrimestre confirma nossa expectativa”, afirmou o presidente da Fenabrave, José Maurício Andreta Jr, em comunicado à imprensa, citando momento mais favorável ao crédito e os juros mais contidos.

    O segmento de automóveis e comerciais leves híbridos e híbridos plug-in apurou aumentos de vendas de 13,71% na base mensal e de 101,02% ano a ano, com 8.501 unidades.

    Os carros e comerciais leves elétricos puros registraram crescimentos respectivos de 9,29% e 1.090,94%, a 6.705 unidades.

    Em caminhões, os emplacamentos aumentaram 8,86% em abril ante março e 44,78% na comparação anual, para 10.553 unidades.

    “Apesar de o crédito, de forma geral, seguir restrito por parte de alguns agentes financeiros, as vendas financiadas por bancos de montadoras vêm registrando bons resultados, explicou Andreta Jr.