Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações europeias caem pressionadas por montadoras em baixa

    Índice pan-europeu fechou em queda de 1,31%

    Mercado financeiro
    Mercado financeiro Wance Paleri/Unsplash

    Da Reuters

    As ações europeias caíram nesta quinta-feira (13), com montadoras em baixa devido ao nervosismo contínuo em relação às novas tarifas da União Europeia sobre veículos elétricos chineses importados.

    O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 1,31%, a 516,04 pontos, com as ações do setor automobilístico perdendo 2,4%, com investidores preocupados com a reação da China às novas tarifas da União Europeia sobre veículos elétricos chineses importados para combater o que Bruxelas considera subsídios excessivos de Pequim.

    “Se as tarifas não conseguirem nivelar totalmente o campo de jogo para os produtores domésticos, ou até mesmo beneficiá-los, a Europa pode ter dado um tiro no pé”, disse Bas van Geffen, estrategista macro sênior do Rabobank.

    Pequim classificou as tarifas como um comportamento protecionista e disse esperar que a União Europeia corrija suas “práticas erradas” e lide com o atrito comercial por meio do diálogo.

    As ações europeias recuaram em relação aos recordes da semana passada, atingidos devido ao corte da taxa de juros do Banco Central Europeu, com investidores avaliando a incerteza política na França após a convocação de uma eleição antecipada.

    O índice de referência da França permaneceu sob pressão, enquanto os bancos europeus caíram 2,4%.

    Também espalhando cautela pelos mercados globais, o Federal Reserve manteve na quarta-feira os juros e adiou o início dos cortes na taxa básica para talvez em dezembro.

    • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,63%, a 8.163,67 pontos.
    • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,96%, a 18.265,68 pontos.
    • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,99%, a 7.708,02 pontos.
    • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,18%, a 33.609,85 pontos.
    • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,59%, a 11.066,10 pontos.
    • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,44%, a 6.565,74 pontos.