Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Criptomoedas: bitcoin e ethereum recuam, mas fecham 2023 com forte valorização, de olho em ETF

    No ano, o bitcoin se valorizou cerca de 157% e o ethereum 97%

    Para 2024, além da questão do ETF, o mercado de bitcoin deverá ainda observar os efeitos do chamado halving
    Para 2024, além da questão do ETF, o mercado de bitcoin deverá ainda observar os efeitos do chamado halving 23/6/2017 REUTERS/Benoit Tessier/Arquivo

    Estadão Conteúdo

    Bitcoin e ethereum recuaram nesta sexta-feira (29), após duas altas consecutivas. Como nos últimos meses, o grande tema para o mercado segue a aprovação do fundo negociado em bolsa (ETF) à vista nos Estados Unidos. Nos últimos dias, negociações do fundo ARK, de Cathie Wood, entraram também no noticiário cripto.

    Apesar do revés, o bitcoin termina o ano em seus níveis mais altos desde abril de 2022, em meio ao entusiasmo com a esperada aprovação dos fundos negociados em bolsa que deterão a moeda digital. “O saldo de 2023 foi positivo para o mercado de criptomoedas após o desastre vivido durante o ano de 2022 (…)  A capitalização de mercado da criptomoeda aumentou mais de 95% este ano”, disse Diego Morin, analista de mercado da IG.

    Para 2024, além da questão do ETF, o mercado de bitcoin deverá ainda observar os efeitos do chamado halving, evento que deve ocorrer no próximo ano para reduzir a emissão do bitcoin pela metade.

    Por volta das 17h15 (de Brasília), o bitcoin caia 0,93%, a US$ 42.048,99 (R$ 204.015,26) e o ethereum recuava 1,84%, a US$ 2.308,93 (R$ 11.213,91), segundo a Coinbase. No ano, o bitcoin se valorizou cerca de 157%, enquanto o ethereum teve alta próxima de 97%.

    *Com informações Dow Jones Newswires

    Veja também: Lewandowski ganha força para ocupar o Ministério da Justiça, dizem fontes